Rio de Janeiro Diarista desaparecida sofria perseguição de ex, diz família

Diarista desaparecida sofria perseguição de ex, diz família

Alice de Jesus Santos, de 44 anos, foi vista pela última vez na terça-feira (3) em sua residência, em Guaratiba 

Reprodução

A família de mulher desaparecida no Rio de Janeiro afirma que ela vinha sendo preserguida pelo ex-companheiro. A diarista Alice de Jesus Santos, de 44 anos, foi vista pela última vez na terça-feira (3) em sua residência, na Rua Coaraci Gentil Nunes, em Guaratiba (RJ).

O filho, que mora com ela, contou que no dia do desaparecimento presenciou uma discussão entre a mãe e o ex-companheiro pelo telefone por volta das 22h10h, antes de ir dormir.

A última visualização no WhatsApp de Alice foi às 22h26. Segundo a família, neste mesmo dia, ela havia reclamado em seu trabalho da perseguição que vinha sofrendo pelo ex-companheiro.

Alice teria que sair para o trabalho às 3h, porém todos os pertences estavam na casa, a bolsa que usava para trabalhar com documentos, cartão do banco e remédios, exceto o celular. O boletim de ocorrência do desaparecimento foi registrado na quinta-feira (5) na DEAM, zona oeste do Rio.

A família reclama ainda que tentou fornecer novas informações na mesma delegacia na sexta-feira, para complementar o boletim de ocorrência, mas teria sido negado pela atendente. A família está desesperada e pede ajuda. Quem souber de alguma informação pode entrar em contato pelo telefone (21) 98694-5762.

Últimas