Rio de Janeiro Disque Denúncia divulga cartaz de envolvido em morte de bombeiro que fotografou barricadas no Rio

Disque Denúncia divulga cartaz de envolvido em morte de bombeiro que fotografou barricadas no Rio

Major Wagner Luiz Melo Bonin, de 42 anos, foi sequestrado e assassinado por ordem do tribunal do tráfico, segundo a polícia

  • Rio de Janeiro | Bruna Oliveira, do R7

Justiça decretou a prisão temporária de suspeito de participação no crime

Justiça decretou a prisão temporária de suspeito de participação no crime

Divulgação/ Disque Denúncia

O Disque Denúncia divulgou, na quarta-feira (21), o cartaz de um dos suspeitos de envolvimento na morte do major do Corpo de Bombeiros, que tirou fotos de barricadas na comunidade São Mateus, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, no mês passado.

O portal pede informações sobre Gabriel Vitor Ribeiro de Andrade, de 25 anos, um dos envolvidos no crime que ainda está em liberdade, para ajudar nas investigações da Divisão de Homicídios da Capital.

O militar Wagner Luiz Melo Bonin, de 42 anos, foi sequestrado e assassinado por ordem do tribunal do tráfico, segundo a polícia. O corpo dele foi achado dentro do veículo incendiado na Pavuna, zona norte do Rio.

De acordo com as investigações, Wagner morava há 40 anos na região e já estava cansado de ser abordado por traficantes armados, além de ter que cruzar as barricadas instaladas recentemente.

Major foi sequestrado e morto em novembro

Major foi sequestrado e morto em novembro

Reprodução/Redes Sociais

A vítima passou a fotografar de dentro do veículo os objetos que impediam a passagem para denunciar à polícia. E, ao ser parada por criminosos, as imagens foram encontradas no aparelho celular.

Outros dois envolvidos no crime já foram presos pela polícia. Gabriel Ribeiro, apontado como gerente do tráfico local, teve a prisão temporária decretada pelo crime de homicídio.

Últimas