Rio de Janeiro Duas pessoas morrem em decorrência das chuvas em Itaperuna (RJ)

Duas pessoas morrem em decorrência das chuvas em Itaperuna (RJ)

Na mesma região, três grávidas que passaram mal e tiveram as casas alagadas foram resgatadas de helicóptero e levadas para um hospital

Chuvas transbordaram rios no interior do Rio de Janeiro

Chuvas transbordaram rios no interior do Rio de Janeiro

Reprodução Record TV

Duas pessoas morreram em Itaperuna, no noroeste do Estado do Rio de Janeiro, em razão das fortes chuvas que atingiram a região nos últimos dias.

Leia mais: Nível do Rio Muriaé, em Itaperuna, começa a baixar

O corpo de um jovem de 19 anos que pulou no rio Murié e desapareceu após ser puxado pela correnteza foi encontrado nesta segunda-feira (27) no bairro Matadouro.

Já o corpo do músico Anderson Titolei foi achado em uma área inundada do centro de Itaperuna, segundo a prefeitura do local. 

Na mesma região, durante o fim de semana, três grávidas que passaram mal e tiveram as casas alagadas foram resgatadas de helicóptero e levadas ao Hospital São José do Avaí. Uma delas estava em trabalho de parto.

Segundo a Defesa Civil, 3 mil pessoas estão desalojadas e outras 100 desabrigadas. 

A SES (secretaria de Estado de Saúde) vai montar um gabinete de crise para orientar os municípios atingidos pelas enchentes no Norte e Noroeste do estado do Rio.

O local ainda vai ser definido, mas a secretaria já enviou medicamentos e insumos médicos e hospitalares para quatro municípios - Itaperuna, Bom Jesus de Itabapoana, Porciúncula e Laje do Muriaé.

Desde domingo, hospitais da rede estadual estão recebendo donativos para as vítimas. Itens como água mineral, alimentos não perecíveis, roupas, material de higiene, roupa de cama, toalhas, colchonetes e material de limpeza podem ser doados em vários pontos da capital e do interior.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Patrícia Junqueira

Últimas