Irmãos morrem após serem eletrocutados em São Gonçalo (RJ)

Kaio Gonçalves, de 2 anos, e Kauan Gonçalves, de 14, sofreram descarga elétrica após cabo de alta tensão cair sobre o mais novo

Kauan e Kaio foram eletrocutados

Kauan e Kaio foram eletrocutados

Reprodução/Record TV Rio

Dois irmãos morreram eletrocutados após serem atingidos por um fio de alta tensão em São Gonçalo, região metropolitana do Rio. O caso ocorreu na tarde de segunda-feira (13), quando os meninos de 2 e 14 anos brincavam de pipa em um campo de futebol na comunidade da Cerâmica com os outros três irmãos. O enterro dos dois está marcado para as 16h desta terça-feira (14), no cemitério São Miguel, na mesma cidade.

De acordo com familiares, a pipa teria ficado presa em um fio de alta tensão que já estava rompido e acabou caindo sobre Kaio, de 2 anos. Kauan, o irmão mais velho, tentou socorrer o mais novo, mas também sofreu uma descarga elétrica.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas segundo informações da Record TV Rio, eles informaram em depoimento à Polícia Civil que houve demora no socorro porque havia tiroteio na comunidade e a equipe precisou ser escoltada por supostos traficantes até o local onde estavam as crianças. Elas chegaram a ser levadas a uma unidade hospitalar, mas não resistiram.

Familiares e moradores da comunidade disseram que houve negligência da concessionária Enel, que fornece energia elétrica na região, pois o fio já estava danificado há cerca de um mês.

Em nota, a Enel lamentou a morte dos meninos e disse estar disposta a oferecer apoio aos familiares. A empresa também afirmou que está apurando as causas do acidente e que enviou uma equipe ao local, mas foram impedidos de acessar a região. O fornecimento de energia foi interrompido para reparos, mas nesta terça-feira (14) os técnicos conseguiram entrar na comunidade e restabelecer o serviço.

A 72ª DP (São Gonçalo) instaurou um inquérito para apurar as causas do acidente. Familiares e vizinhos estão sendo ouvidos na unidade policial.