Rio de Janeiro Morre PM ferido em ataque à academia em Nova Iguaçu

Morre PM ferido em ataque à academia em Nova Iguaçu

Policial estava de folga e foi baleado enquanto praticava exercícios. Corpo será sepultado nesta segunda (5), em Sulacap

  • Rio de Janeiro | Rafaela Oliveira, do R7*, com Record TV Rio

Polícia investiga o que motivou ataque

Polícia investiga o que motivou ataque

Reprodução/Record TV Rio

Um dos policiais militares feridos no ataque à uma academia em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, morreu na manhã deste domingo (4). O velório do cabo Evaldo de Souza Torres, de 38 anos, será hoje, a partir das 11h e o sepultamento às 14h30, no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na zona oeste do Rio. 

Evaldo fazia parte da corporação desde 2014 e estava lotado no 20ºBPM (Mesquita). Ele deixa dois filhos.

A Polícia Militar militar informou que o batalhão está prestando apoio à família.

No ataque, na última quarta-feira (30), um dos homens armados morreu e outros dois agentes ficaram feridos. A Polícia Civil investiga o que teria motivado a ação criminosa. 

Gilson de Oliveira Firmino, o outro policial que estava de folga no local, segue em estado estável no Hospital Geral de Nova Iguaçu. Ele foi baleado no abdômen, no fêmur e na tíbia e deve passar por uma nova cirurgia nos próximos dias, como informado pela Secretaria Estadual de Saúde. 

Há suspeita de que a milícia da região possa ter promovido tiroteio. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense investiga o caso. 

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas