Rio de Janeiro PF cumpre mandados de prisão em desdobramento da Lava Jato no Rio

PF cumpre mandados de prisão em desdobramento da Lava Jato no Rio

Um empresário foi preso em Botafogo; investigações partiram de delação premiada do ex-subsecretário de transportes do Estado

operação lava jato

PF cumpre mandados de prisão no Rio

PF cumpre mandados de prisão no Rio

Reprodução RecordTV

A Polícia Federal cumpre, nesta sexta-feira (10), novos mandados de prisão expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, em mais um desdobramento da Operação Lava-Jato no Estado.

Um empresário, ligado a distribuidora de títulos e valores imobiliários AdValor, foi preso em casa no bairro de Botafogo, zona sul da cidade.

A investigação tem como base a delação premiada do ex-subsecretário de Transportes do Estado do Rio, Luiz Carlos Velloso, que teve o acordo homologado pelo ministro Dias Toffoli, do STF (Supremo Tribunal Federal), no ano passado.

Segundo Velloso, o empresário detido usava uma conta da corretora para desviar dinheiro de propina paga por empreiteiras em favor do ministro do TCU (Tribunal de Contas da União) Augusto Nardes e do deputado federal pelo PP-RJ e ex-secretário de Transportes do Rio, Júlio Lopes.

A ação da PF está em andamento e a expectativa é que mais mandados de prisãos sejam cumpridos nesta manhã.

Procurados pelo R7, os gabinetes do ministro Augusto Nardes e do deputado Júlio Lopes não responderam até o momento. Já a AdValor se recusou a comentar a acusação. O espaço está aberto para manifestação.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Odair Braz Jr.

    Access log