Polícia investiga fotos de jogadores da várzea de SP com armas no RJ

Episódio envolvendo atletas e comissão técnica da equipe amadora Ajax F.C. ocorreu após amistoso no Complexo da Maré, segundo as investigações

Integrantes de time de futebol de várzea aparecem segurando armas no Complexo da Maré

Integrantes de time de futebol de várzea aparecem segurando armas no Complexo da Maré

Reprodução

A Polícia Civil abriu uma investigação para apurar imagens que circulam nas redes sociais de jogadores e membros da comissão técnica de um time amador, de São Paulo, que aparecem segurando armas no Complexo da Maré, na zona norte do Rio.

Jogadores posaram com fuzil

Jogadores posaram com fuzil

Reprodução

O caso ocorreu no último dia 25 após um jogo amistoso na comunidade entre o um time local e a equipe paulista Ajax F.C. de Vila Rica.

De acordo com as investigações da 21ª DP (Bonsucesso), os integrantes do time ainda vão ser ouvidos pela delegacia. 

O delegado responsável pelo caso, Hilton Alonso, disse que a equipe deixou o Rio no mesmo dia da partida e que, por isso, o depoimento ainda não foi marcado. 

Eles podem ser indiciados por associação e apologia ao tráfico, além de porte de arma. 

Nas fotos, outros homens, que seriam traficantes da região, também aparecem.

O R7 não conseguiu contato com o Ajax F.C. O espaço está aberto para manifestação.