Especialista em ciência política não enxerga crime de responsabilidade de Crivella

O doutor em direito e ciência política Márcio Vieira afirmou que alegações por ilação, achismos, não se enquadram em processo de impeachment. Segundo Márcio, reuniões com líderes de grupos, sejam de segmentos religiosos ou não, são comuns e não apontam atos infracionais de lesão aos princípios da impessoalidade e da isonomia.

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log