Rio de Janeiro RJ: Polícia faz ação contra provedores ilegais de internet

RJ: Polícia faz ação contra provedores ilegais de internet

Operação também combateu receptação qualificada de cabos e equipamentos furtados de concessionárias 

A Polícia Civil realizou, nesta segunda-feira (13), uma operação para combater a distribuição de sinal clandestino de internet e receptação qualificada de cabos e equipamentos furtados ou roubados de concessionárias de serviços públicos.

Empresas clandestinas vendiam pacotes de sinal de internet sem
 autorização da Anatel

Empresas clandestinas vendiam pacotes de sinal de internet sem autorização da Anatel

Divulgação/Polícia Civil

Os agentes da DDSD (Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados) cumpriram sete mandados judiciais de busca e apreensão em locais dominados por milícias na Baixada Fluminense.

As empresas clandestinas vendiam pacotes de sinal de internet sem autorização da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

Um provedor de Belford Roxo funcionava em imóvel residencial com nome de uma instituição extinta para acobertar a comercialização e transmissão do sinal sem autorização da Anatel.

Durante as diligências foram apreendidos diversos cabos e demais equipamentos de uso exclusivo de concessionárias no interior do estabelecimento.

Os agentes apreenderam materiais provenientes de crimes nas ligações da rede de distribuição instalada nas proximidades do provedor. Um furto de energia também foi encontrado no imóvel através de uma ligação direta da rede de distribuição da Light, sem registro de consumo.

O proprietário da empresa ainda não foi localizado pela Polícia Civil. Ele já foi preso em flagrante por porte de veículo clonado e, segundo investigações, tem envolvimento com a milícia que atua na região.

Segundo a polícia, computadores, celulares e documentos foram apreendidos para ajudar no aprofundamento das investigações.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas