São Paulo Bombeiros confirmam dez mortos em acidente que matou Eduardo Campos

Bombeiros confirmam dez mortos em acidente que matou Eduardo Campos

As vítimas são oito ocupantes da aeronave, entre eles Eduardo Campos, e dois moradores

Bombeiros confirmam dez mortos em acidente que matou Eduardo Campos

O Corpo de Bombeiros de Santos confirmou que, além do candidato à Presidência Eduardo Campos (PSB), morreram outras nove pessoas no acidente com um jato particular nesta quarta-feira (13), em Santos, litoral de São Paulo.

Oito vítimas eram ocupantes da aeronave, modelo Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, e outras duas eram moradoras da região onde o avião caiu, na rua Vahia de Abreu.

A FAB (Força Aérea Brasileira) informou que a queda ocorreu por volta das 10h. O avião havia decolado do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao aeroporto de Guarujá.

Segundo o presidente do PSB, Márcio França, além de Eduardo Campos, estavam na aeronave um jornalista, um assessor pessoal chamado Valadares, o motorista de Eduardo, um homem chamado Carlos Leal e o fotógrafo oficial, Alexandre Severo.

Conheça o candidato à Presidência Eduardo Campos (PSB)