Câmera flagra explosão de carro que matou mãe e filho na Ayrton Senna

Outras três ocupantes do veículo se feriram gravemente, sendo um com 90% do corpo queimado

A explosão matou Eurides Pereira dos Santos e Ícaro Santos Pereira

A explosão matou Eurides Pereira dos Santos e Ícaro Santos Pereira

Reprodução

Uma câmera de segurança flagrou a explosão que matou mãe e filho no km 23 da rodovia Ayrton Senna, na região de Guarulhos, na Grande São Paulo, por volta das 22h de quinta-feira (19). Outros três ocupantes do carro ficaram gravemente feridos, sendo que um deles teve cerca de 90% do corpo queimado.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o motorista de um Gol branco entrou por engano na alça de acesso para a avenida Jacu-Pêssego. Ele decidiu dar marcha à ré para retornar e acessar a pista expressa da Ayrton Senna e foi atingido por um Ford Fusion.

Os dois carros se incendiaram. Apenas o condutor do Ford conseguiu sair antes que as chamas se alastrassem. Eurides Pereira Santos, de 30 anos, e seu filho Ícaro Santos Pereira, de dez, morreram carbonizados. Os outros três ocupantes do veículo ficaram gravemente feridos.

Leia mais notícias de São Paulo

Um rapaz de 20 anos teve cerca de 90% do corpo queimado e foi encaminhado ao Hospital do Tatuapé. Um adolescente de 14 anos foi socorrido no Hospital Geral de Guarulhos e um menino de oito foi levado ao Hospital das Clínicas de Mogi das Cruzes.

O motorista de um GM Celta, que vinha logo atrás, freou bruscamente ao ver o acidente e colidiu em uma mureta, mas não se feriu. O caso foi apresentado ao 4º DP de Guarulhos.

Assista ao vídeo: