São Paulo Fábrica clandestina de álcool gel é fechada pela polícia em SP

Fábrica clandestina de álcool gel é fechada pela polícia em SP

Policiais foram acionados para apoiar os agentes da Vigilância Sanitária em uma denúncia sobre adulteração de produtos de higiene pessoal.

Donos da empresa e funcionários foram levadas à delegacia

Donos da empresa e funcionários foram levadas à delegacia

Divulgação - 02.09.2020

Uma fábrica clandestina de álcool gel foi fechada pela Vigilância Sanitária com apoio da Polícia Militar na rua Alexandre de Gusmão, no Socorro, na zona sul de São Paulo, por volta das 10h30 desta quarta-feira (2).

Policiais foram acionados para apoiar os agentes da Vigilância Sanitária em uma denúncia sobre adulteração de produtos de higiene pessoal. 

No endereço, foram encontrados produtos e insumos sem nota fiscal e sem os devidos cuidados de manejo e armazenamento. Os donos da empresa e funcionários, acompanhados de advogado, foram encaminhados à delegacia. O caso foi registrado no Departamento de Polícia e Proteção à Cidadania (DPPC), onde foi registrado.

Últimas