São Paulo Homem terá de pagar indenização de R$ 10 mil por agredir namorada

Homem terá de pagar indenização de R$ 10 mil por agredir namorada

Segundo desembargadora, não encontraram provas que sustentem legítima defesa do agressor e a testemunha de defesa do réu teria mentido

  • São Paulo | Isabelle Gandolphi, da Agência Record

Agressor vai pagar indenização fixada em R$ 10 mil

Agressor vai pagar indenização fixada em R$ 10 mil

Thinkstock

Decisão unânime condena homem a pagar indenização de R$ 10 mil após agredir namorada. A decisão foi mantida pela 3ª Câmara de Direito do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo), na quarta-feira (11).

Após discussão, condenado teria agredido a vítima com socos e pontapés. O homem alega que foi em legítima defesa. Uma testemunha confirmou o ocorrido. Segundo a desembargadora, Viviani Nicolau, não foram encontradas provas que sustentassem a legítima defesa do agressor e que a testemunha de defesa do réu teria mentido.

Segundo nota, sobre a indenização, foi levado em conta a humilhação sofrida pela vítima, além dos hematomas deixados no rosto e corpo.

Últimas