São Paulo Professor de artes marciais é assassinado com mais de 10 tiros

Professor de artes marciais é assassinado com mais de 10 tiros

Anderson Oliveira deixa esposa e filha de seis meses. Ainda não há registro do motivo do crime. Caso foi registrado no 100° DP (Jardim Herculano)

Um professor de artes marciais foi assassinado na última terça-feira (13), no Jardim Ângela, zona sul de São Paulo. A vítima tinha acabado de sair da academia onde dava aula.

De acordo com testemunhas, dois homens em uma motocicleta preta pararam ao lado do carro de Anderson Oliveira. Os suspeitos esperaram a vítima deixar o estabelecimento, quando, logo em seguida, dispararam várias vezes contra o veículo.

Foram pelo menos mais de dez tiros, segundo a Polícia Militar. O professor ainda tentou dar ré para fugir da emboscada, mas foi atingido e morreu no local.

Oliveira deixa a esposa e uma filha de seis meses. Ainda não há registro do motivo do crime. O caso foi registrado no 100° DP (Jardim Herculano).

    Access log