São Paulo SP: homem é preso acusado de matar e enterrar vítimas no quintal

SP: homem é preso acusado de matar e enterrar vítimas no quintal

Foram encontrados três corpos no quintal do pintor Aelson, no município de São Carlos. Ele teria se desentendido com as vítimas

  • São Paulo | Do R7, com informações do Cidade Alerta, da Record TV

Aelson, o serial killer

Aelson, o serial killer

Reprodução: Record TV

Um pintor acusado de ser um serial killer foi preso no interior de São Paulo pela polícia. Aelson, de 42 anos, mais conhecido como "Balu", confessou ter assassinado e enterrado três pessoas no quintal de casa, em São Carlos, segundo a polícia.

A polícia recebeu denúncias que sugerem que quem visitava a "casa do terror" não voltava mais. Ariane, de 26 anos, estava desaparecida desde o dia 13 de fevereiro, quando saiu de casa para ver um amigo.

Rita, de 45 anos, foi assassinada e enterrada no quintal de Balu. Ela teria brigado com Aelson. Luis, de 24 anos, conhecido como "Tato", foi até a casa do criminoso para buscar informações sobre Rita e também foi assassinado.

Segundo as investigações, todas as vítimas tiveram algum tipo de desentendimento com o pintor, mas ainda não se sabe a motivação dos crimes.

Em depoimento, Aelson deu detalhes de como matava as vítimas e depois as enterrava em seu quintal. A polícia de São Carlos acredita que ele tenha feito outras vítimas.

Últimas