Saúde pede ao IBGE amostra de brasileiros que serão testados para a covid-19

O Ministério da Saúde pediu ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que determine uma amostra de brasileiros que serão testados para a covid-19 em seus domicílios.

"Isso está sendo tratado, não está 100% fechado. O IBGE foi convidado a estar trabalhando junto a amostra dos domicílios, e a gente sabe fazer isso muito bem. A gente trabalha com definição de amostra", explicou Cimar Azeredo, diretor adjunto de Pesquisa do IBGE.

Segundo ele, ainda é preciso identificar a quantidade de testes disponíveis e determinar se farão a testagem nos domicílios da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Covid (Pnad Covid) ou se haverá uma amostra separada apenas para testagem.

"No momento a gente está trabalhando no sentido de construir cenários", contou.

A coleta da Pnad Covid começa na semana que vem. O levantamento, nos moldes da Pnad Contínua, trará informações mensais sobre o de mercado de trabalho e fará um monitoramento sobre as condições de saúde da população.

A amostra será diferente da adotada pela Pnad Contínua. Os detalhes da nova pesquisa ainda serão divulgados pelo IBGE na próxima segunda-feira, dia 4.

Segundo Adriana Beringuy, técnica da Coordenação de Trabalho e Rendimento do IBGE, a Pnad Covid deve captar informações sobre contratos de trabalho suspensos temporariamente e acesso dos trabalhadores a outras fontes de renda, como a ajuda emergencial de R$ 600 distribuída pelo governo.