Autoridades investigam hospital em SP que teve 5 mortes por covid-19

Secretário municipal de Saúde disse que suspeitas e até mesmo confirmação do diagnóstico de infecção por coronavírus não foram notificadas

Técnicos vão finalizar nesta sexta laudo sobre investigação

Técnicos vão finalizar nesta sexta laudo sobre investigação

VINCENT BOSSON/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

O Hospital Sancta Maggiore, na zona sul de São Paulo, é alvo de uma investigação de autoridades sanitárias estaduais e municipais após registrar cinco mortes por covid-19 em 48 horas.

O secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, afirmou nesta sexta-feira (20), que o hospital não notificou os casos, como determina o Ministério da Saúde. O Sancta Maggiore pertence à operadora de saúde Prevent Senior.

"Não notificaram nem a suspeição nem tampouco a confirmação dos casos de coronavírus dentro do hospital."

Em função disso, a Vigilância Sanitária do município foi ontem ao hospital.

"Nós fizemos ontem uma investigação do ponto de vista epidemiológico. E ontem, as equipes de Secretaria Estadual [da Saúde], junto com as equipes da Secretaria Municipal, até tarde da noite fizeram a investigação de ordem sanitária."

Nesta sexta-feira, os técnicos estão reunidos para fazer o laudo das verificações. "Em seguida, [haverá] a adoção de medidas em função daquilo que foi encontrado", acrescentou o secretário.

Até ontem, a Prevent Senior informava que tinha 123 pacientes internados em protocolo para covid-19, sendo 28 com diagnóstico já confirmado e outros 95 aguardavam resultado de exames.

Deste total, 33 estavam internados na unidade de terapia intensiva.

O advogado Nelson Wilians, que representa o Grupo Prevent Senior, afirma, por meio de nota, que "a rede segue todos os protocolos médicos e éticos estipulados pelas organizações governamentais de saúde" e que a empresa "mantém o atendimento aos seus pacientes de acordo com a sua cultura de acolher e cuidar de pessoas e com os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde" .