Tecnologia e Ciência Suécia usa sem querer um meme em site da campanha de vacinação

Suécia usa sem querer um meme em site da campanha de vacinação

Foto retirada de um banco de imagens era de uma famosa figura da internet por seu olhar triste com um sorriso forçado

Suécia usa meme em site oficial da campanha de vacinação contra covid-19

Suécia usa meme em site oficial da campanha de vacinação contra covid-19

Reprodução Facebook/ @Hide the Pain Harold

A autoridade de saúde da Suécia usou por acidente o 'Hide the Pain Harold', um do memes mais conhecidas da internet, como garoto propaganda da campanha de vacinação contra covid-19. A foto foi publicada na página principal do site para agendamento das aplicações pela população de Estocolmo, capital do país, no fim de março.

"Não sabíamos que era um meme até que percebemos isso. Mas é claro, fizemos questão de mudar a imagem agora", disse à Reuters Hanna Fellenius, porta-voz da Região de Estocolmo.

Memes S.A.: por que o brasileiro é tão bom em fazer rir?

Imagem usada em campanha suéca

Imagem usada em campanha suéca

Stockholm Region/ REUTERS

A agência regional, responsável pela saúde de cerca de um milhão de residentes de Estocolmo, disse acreditar que a gafe não afetou a confiança do público nas vacinas.

"Nossa avaliação é que a publicação por algumas horas de uma imagem que em si mesma não é enganosa ou inadequada não prejudica a confiança nas vacinas covid-19."

A vida de um meme

Harold é, na verdade, o húngaro Andras Arato, que em 2008 e 2009 posou como modelo para fotos de banco de imagens na internet.

Meme de menina observando incêndio é vendido por R$ 2,6 mi

As imagens de um homem de barba grisalha com olhos tristes e um sorriso forçado meio sem graça, viraram um meme da internet apelidado de "Hide the Pain Harold", (Harold escondendo a dor, em tradução livre) e foram compartilhadas incontáveis vezes no mundo todo com legendas de humor.

Demorou nove anos para Arato descobrir que era um dos rostos mais conhecidos da internet, mas desde então ele usou sua celebridade para obter vantagens comerciais: liderando campanhas publicitárias para o varejista alemão Otto e dando uma palestra no TED.

A história real de András Arató, o dono do rosto triste que virou meme

Últimas