Notícias 'Virada da Vacina' imuniza 471,4 mil pessoas em SP, diz Prefeitura

'Virada da Vacina' imuniza 471,4 mil pessoas em SP, diz Prefeitura

Agência Estado

A "Virada da Vacina", voltada para o público de 18 a 21 anos, aplicou um total de 471.421 doses contra a covid-19 na cidade de São Paulo neste fim de semana, segundo balanço da Prefeitura. Com drive-thrus e megapostos funcionando pela primeira vez durante a madrugada, a maratona de 34 horas de imunização contou com a presença de DJs e artistas para atrair os jovens da capital.

A meta da gestão Ricardo Nunes (MDB) era atender 600 mil pessoas das 7 horas de sábado, 14, até às 17 horas deste domingo, 15. De acordo com a Prefeitura, 404.398 pessoas receberam a primeira dose durante a "Virada da Vacina", além de 13 doses únicas e 67.020 reforços.

A Prefeitura estima, ainda, que outras 32 mil doses chegaram a ser aplicadas, mas ainda não entraram na contabilidade do sistema. Por isso, o quantitativo não foi incluído no balanço oficial.

Com isso, a capital paulista atingiu 12.531.598 imunizantes aplicados desde o início da campanha contra o coronavírus. Do total, foram 8,7 milhões de primeiras doses, 3,4 milhões de reforço e 318 mil doses únicas.

Os índices de cobertura vacinal chegaram a 98,5% (primeira dose e dose única) e 40,7% (ciclo completo), segundo a Prefeitura. Para o grupo de 18 a 19 anos, a capital atingiu 60,2% neste fim de semana. Já de 20 a 24 anos, está em 80,4%.

A "Virada da Vacina" começou na manhã de sábado com todos os postos de saúde abertos na capital. Nas primeiras 10 horas da maratona, foram aplicadas 238 mil doses.

Durante a madrugada, a imunização continuou em 13 drive-thrus e três megapostos da cidade, que registraram alta adesão e filas longas. Entre 17 horas de sábado e 7 horas de domingo, mais 17,4 mil pessoas foram vacinadas.

Agora, a capital se prepara para atender pessoas que ainda não se vacinaram ou estão com reforço atrasado. Pelo cronograma, segunda e terça-feira, dias 16 e 17, serão dias dedicados à repescagem de todo público maior de 18 anos. Quem estiver no prazo da segunda dose também será atendido.

A partir de quarta-feira, 18, a expectativa da Prefeitura é de iniciar a vacinação de menores de 18 anos com comorbidade. No entanto, ainda não há anúncio oficial.

Últimas