Internacional

3/2/2013 às 21h55 (Atualizado em 4/2/2013 às 07h24)

Fidel Castro vai a seção eleitoral votar pela primeira vez desde 2006

Desde que ficou doente, Fidel emitia seu voto em casa

AFP

Fidel votou no colégio eleitoral número um do município de Plaza da Revolução, em Havana, apontou a mídia local REUTERS/Ismael Francisco/Cubadebate/Handout

O líder cubano Fidel Castro, de 86 anos, compareceu este domingo (3) a uma seção eleitoral de Havana para votar pela primeira vez desde que ficou doente em 2006 e delegou o poder a seu irmão, o presidente Raúl Castro, noticiou um meio de comunicação local.

"Por volta das cinco da tarde (19h de Brasília), chegou Fidel ao colégio eleitoral número um [...] do município de Plaza da Revolução, em Havana", que os cubanos conhecem como bairro El Vedado, "onde sempre votou", reportou a Agência de Informação Nacional.

Desde que ficou doente, em julho de 2006, Fidel emitia seu voto em casa, no bairro de Miramar, oeste de Havana, como ocorreu nas municipais de outubro passado, e deixou de assistir às sessões ordinárias do Parlamento.

Raúl Castro, de 81 anos, votou neste domingo no povoado de Mayarí Arriba, província de Santiago de Cuba, 900 km ao leste de Havana, que visita desde sábado para "avaliar o andamento da recuperação após a passagem do furacão devastador Sandy", em outubro passado, segundo a TV local.

Lula pede que Obama tenha "olhar mais justo" para América Latina

Yoani Sánchez obtém passaporte que solicitou após reforma migratória cubana

Eleições legislativas têm início em Cuba sem surpresas ou oposição

Após cair doente e ceder o comando a Raúl Castro, em junho de 2006, o líder histórico da Revolução Cubana se dedicou a escrever artigos na imprensa local — uns 400 até deixar de publicá-los, em 19 de junho passado —, assim como livros sobre sua luta na Serra Maestra e a receber personalidades internacionais em sua residência.

Fidel recebeu em sua casa, na quinta-feira passada, o ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, que participou em Havana de um encontro internacional "pelo equilíbrio do mundo".

Estão inscritos nestas eleições 8,5 milhões de cubanos para eleger, por voto direto, secreto, os 612 membros do Parlamento, entre eles Fidel e Raúl Castro, e os 1.269 membros das 15 assembleias provinciais entre um número de candidatos igual, um processo que não põe em risco a hegemonia do governista Partido Comunista (único) sobre a sociedade.

 

O que acontece no mundo passa por aqui

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Homem das cavernas

Iraniano não toma banho há 60 anos e usa pedaço de cano como cachimbo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Imagens do ano

Entre sorrisos e lágrimas: veja as imagens mais emocionantes de 2013

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Desumano

Menino de 11 anos vive acorrentado como cachorro pela família na China

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perturbador

Crimes brutais chocaram o mundo em 2013. Veja os casos mais macabros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Internacional

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!