Brasil CEO da Ecogen é entrevistado no Estúdio News

CEO da Ecogen é entrevistado no Estúdio News

Exploração de gás natural é tema do programa que vai ao ar neste sábado (24)

O apresentador do Estúdio News, Gustavo Toledo, e o CEO da Ecogen, Luiz Cabral

O apresentador do Estúdio News, Gustavo Toledo, e o CEO da Ecogen, Luiz Cabral

Luiz Cabral/Divulgação

Em entrevista ao Estúdio News, o CEO da Ecogen, Luiz Cabral, explica que a falta de infraestrutura é o maior complicador para que o gás natural chegue na ponta.

Cabral afirma que o Brasil é um grande produtor de gás natural, porém alguns problemas regulatórios e de distribuição dificultam o processo.

“Infelizmente, hoje, o gás ainda não chega onde deve chegar, o preço está muito alto, por vários motivos, e o gás poderia ser muito mais importante do que ele é hoje”, diz o executivo.

Entre os combustíveis fósseis, o gás natural é o mais eficiente e o que menos polui, um insumo superimportante para a indústria, seu maior usuário.

“A indústria é o maior usuário de gás natural, pois usa calor para gerar vapor, em grandes metalúrgicas, indústria de cerâmica e de alimento que usam muito vapor, pode se fazer uma cogeração”, afirma.

O CEO da Ecogen ressalta que se tem outras alternativas para substituição do gás natural com alguma vantagem, como o biogás, por exemplo.

“Hoje, se utiliza esse biogás para queimar e gerar energia de fonte renovável, não é fóssil, é uma alternativa. Você pode captar esse biogás na geração, por exemplo, de aterro sanitário. No aterro, o gás já é gerado naturalmente, o que se faz é uma infraestrutura para captar esse gás e ali mesmo se queima, nada muito complicado”, exemplifica.

Luiz Cabral explica, ainda, como o bagaço da cana de açúcar e o caroço de açaí podem gerar vapor e eletricidade, sendo também alternativas para essa substituição.

O Estúdio News vai ao ar aos sábados, às 22h30. A Record News é sintonizada pelos canais de TV fechada 586 Vivo TV, 14 Oi TV, 578 Claro, 419 Sky e 2038 Samsung TV Plus, além do canal 42.1 em São Paulo e demais canais da TV aberta em todo o Brasil.

Últimas