Quase metade dos brasileiros reprova governo Temer, diz Ibope

Insatisfação com a maneira de governar e a desconfiança do peemedebista são ainda maior

Quase metade dos brasileiros reprova governo Temer, diz Ibope

Ibope: três em cada quatro brasileiros desconfiam do presidente

Ibope: três em cada quatro brasileiros desconfiam do presidente

Beto Barata/15.12.2016/PR

O governo do presidente Michel Temer (PMDB) é considerado "ruim" ou "péssimo" por quase metade dos brasileiros, de acordo com pesquisa Ibope, encomendada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria), divulgada nesta sexta-feira (16). O percentual de insatisfeitos com a gestão estava estável em 39% desde junho, mas subiu para 46% em dezembro.

O levantamento mostra ainda que 35% dos brasileiros consideram a administração Temer "regular" e 13% "ótima" ou "boa". Outros 6% não souberam ou não responderam à pesquisa.

O Ibope ouviu 2.002 pessoas de 141 cidades brasileiras entre os dias 1º e 4 de dezembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança chega a 95%.

Leia mais notícias de Brasil e Política

Avaliação pessoal de Temer

A maneira de Temer governar gera ainda mais insatisfação entre os brasileiros, segundo a pesquisa. São 64% os descontentes com o jeito de Temer administrar o País — eram 55% em setembro e 53% em junho deste ano. Por outro lado, 26% aprovam sua condução do País — eram 28% em setembro e 31% em junho. Em dezembro, 10% dos entrevistados não souberam ou não responderam à pesquisa.

A desconfiança no peemedebista também aumentou entre os brasileiros: foi de 68% em setembro para 72% em dezembro. Na contramão, os brasileiros que confiam em Temer são 23% agora — contra 26% em setembro. Outros 5% dos entrevistados não soube ou não quis responder à questão.

Áreas mais críticas

O Ibope quis saber dos entrevistados as piores áreas do governo Temer: 80% dos brasileiros desaprovam a saúde e os impostos praticados pela atual gestão (contra 17% e 14% de aprovação, respectivamente).

As outras áreas criticadas pelos brasileiros são, na ordem: taxa de juros (79% de desaprovação), segurança pública (76%), combate ao desemprego (76%), educação (70%), combate à inflação (70%), combate à fome e à pobreza (70%) e meio ambiente (61%).

Notícias desfavoráveis

A PEC do Teto, as manifestações contra a corrupção, protestos contra a PEC do Teto, manifestações pelo Brasil, manifestações contra o governo Temer... o Ibope destacou que "notícias sobre corrupção voltaram a se destacar na memória da população".

De acordo com a pesquisa Ibope, as últimas notícias do governo federal são mais desfavoráveis para 47% dos entrevistados, contra 43% registrados em setembro. Por outro lado, os entrevistados que consideram as notícias mais favoráveis recuaram de 18% para 13% entre setembro e dezembro.