Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Acompanhe ao vivo depoimentos de líder indígena e suspeito de financiar extremistas na CLDF

Serere Xavante e Armando Valentim de Andrade são investigados por envolvimento nos atos extremistas de 12/12 e 8/1

Brasília|Edis Henrique Peres, do R7, em Brasília

CPI da CLDF ouve dois investigados nesta quinta
CPI da CLDF ouve dois investigados nesta quinta CPI da CLDF ouve dois investigados nesta quinta

O líder indígena José Acácio Serere Xavante e o suspeito de financiar acampamentos extremistas Armando Valentim Settin Lopes de Andrade prestam depoimento nesta quinta-feira (31) à CPI da Câmara Legislativa do Distrito Federal. A comissão começa mais cedo, às 9h, para ouvir os dois investigados. Serere Xavante ficou conhecido após os atos de vandalismo em Brasília do dia 12 de dezembro de 2022, e Armando é apontado como um dos financiadores dos acampamentos em frente ao QG do Exército.

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes já autorizou o depoimento de Serere, que pode ficar em silêncio se preferir. O indígena está preso desde dezembro por suspeita de condutas ilícitas em atos de vandalismo.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Já Valentim é um dos presos dos atos de 8 de janeiro. O suspeito chegou a ficar por cerca de 40 dias nos acampamentos extremistas e teria ouvido conversas relacionadas à colocação de explosivos ou ateamento de fogo em veículos e prédios públicos em algumas regiões consideradas estratégicas de Brasília. Um dos planos dos extremistas seria pôr explosivos na rodoviária do Plano Piloto.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.