Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Homem é acusado de ser mentor dos crimes de corpos carbonizados

Gideon Batista de Menezes, de 55 anos, está detido na 6ª Delegacia de Polícia Civil (Paranoá)

Balanço Geral DF|

Um dos homens suspeito de envolvimento em caso de corpos carbonizados foi acusado de ser mentor dos crimes. Gideon Batista de Menezes, de 55 anos, está detido na 6ª Delegacia de Polícia Civil (Paranoá). O homem prestou depoimento e segundo informações, ele seria amigo da família e trabalhava em uma agropecuária com Marcos Antônio, sogro da cabeleireira Elizamar da Silva. De acordo com a Polícia Civil, os homens receberam R$ 100 mil para executar os crimes.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.