Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Cobra de 2 metros é resgatada em rodovia do DF; veja vídeo

Encontrada por brigadista às margens da BR-020, jiboia foi solta na Estação Ecológica de Águas Emendadas, em Planaltina

Brasília|Paloma Castro*, do R7, em Brasília

Um jiboia de 2 metros foi encontrada às margens da BR-020, em Planaltina, no Distrito Federal, nesta sexta-feira (1º). A cobra, que corria risco iminente de atropelamento, foi resgatada por um homem.

O brigadista de incêndio florestal, Matheus Rocha, de 26 anos, fez o resgate do animal. Ele disse estar acostumado a fazer esse tipo de salvamento independente na região em que mora e que costuma soltar os animais na Estação Ecológica de Águas Emendadas, integrada à Unidade de Conservação e Proteção Integral de Planaltina.

Brigadista Matheus com animal
Brigadista Matheus com animal Brigadista Matheus com animal

"O pessoal da vizinhança sempre me liga quando encontra algum animal, porque sabe que eu resgato e solto na Estação Ecológica. Lá é um lugar seguro e próprio para a fauna silvestre", afirmou.

Formado em gestão ambiental, o brigadista do Ibram (Instituto Brasília Ambiental) disse fazer os resgates por amor aos bichos e pela proteção das pessoas. "Muitos endemonizam a cobra e já querem matar. Para evitar crueldades, eu me voluntario para resgatar", destacou, lembrando que, no último mês, soltou na Unidade de Conservação quatro cobras encontradas em Planaltina, além de outros animais que surgem, como saruês.

Publicidade

"Aqui em Planaltina é comum aparecer animais silvestres. Como a Polícia Ambiental pode estar ocupada e demorar para chegar, sempre que me acionam eu pego o meu carro na mesma hora e vou", ressaltou. Apesar da experiência, Matheus foi picado pela cobra. O ferimento, segundo ele, foi aparente e não gerou grandes transtornos.

Jiboia solta em Unidade de Conservação tem 2 metros de comprimento
Jiboia solta em Unidade de Conservação tem 2 metros de comprimento Jiboia solta em Unidade de Conservação tem 2 metros de comprimento

Como o réptil foi solto em local próprio e seguro, o Batalhão da Polícia Militar Ambiental não foi acionado.

*Estagiária sob supervisão de Fausto Carneiro

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.