DF no Ar Controladoria investiga 37 servidores do GDF por atos extremistas de 8 de janeiro

Controladoria investiga 37 servidores do GDF por atos extremistas de 8 de janeiro

O órgão apura a possível participação dos funcionários públicos nos atos antidemocráticos

Subiu de 17 para 37 o número de servidores públicos do GDF investigados por participação nos atos extremistas de 8 de janeiro. Estes servidores são alvos de processos preliminares investigatórios abertos pela Controladoria-Geral do DF. O órgão apura a possível participação dos funcionários nos atos antidemocráticos. A controladoria afirma que, durante a fase investigativa, não é cabível a aplicação de qualquer penalidade aos servidores.

VEJA TAMBÉM:

Professora da rede pública viraliza na internet por comprar ingressos de cinema para alunos

Polícia é chamada para verificar suspeita de bomba na Asa Norte (DF)

Ibama apreende 55 pássaros na casa do ex-ministro Anderson Torres

Últimas