Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Distrito Federal oferece 19 pontos de vacinação neste sábado

Imunizantes contra HPV, tétano, febre amarela, meningite e outros estarão disponíveis para a população atualizar a caderneta

Brasília|Do R7, em Brasília

Vacina contra BCG não será aplicada neste sábado
Vacina contra BCG não será aplicada neste sábado Vacina contra BCG não será aplicada neste sábado (Breno Esaki/Agência Saúde - Arquivo)

O Distrito Federal oferece 19 pontos de vacinação ativos neste sábado (16). Os atendimentos ocorrerão nas seguintes localidades: Águas Claras, Candangolândia, Ceilândia, Cruzeiro, Estrutural, Gama, Guará, Itapoã, Plano Piloto, Recanto das Emas, Riacho Fundo I e II, Samambaia, Santa Maria e Sobradinho. A lista completa dos endereços e horários pode ser conferida no site da Secretaria de Saúde.

Imunizantes contra HPV, tétano, febre amarela, meningite e outros estarão disponíveis para a população atualizar a caderneta de vacinação. Além disso, para crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, a vacina contra a dengue estará disponível.

A vacinação contra BCG não será distribuída neste sábado. Além disso, não há vacinação prevista para este domingo (17).

Nesta segunda-feira (18), a imunização será retomada normalmente.

Publicidade

Observação depois da vacina

A SES vai deixar as crianças e adolescentes de 10 a 14 anos por pelo menos 15 minutos em observação na unidade de saúde após o recebimento da vacina contra a dengue. Quem tem histórico de reações alérgicas graves terá que aguardar 30 minutos antes de ser liberado.

A medida foi tomada por recomendação do Ministério da Saúde, após serem notificados 16 casos de reações alérgicas graves supostamente relacionados ao imunizante das 365 mil doses aplicadas.

Publicidade

Dois desses casos teriam sido notificados no Distrito Federal. A secretária de Saúde do DF, Lucilene Florêncio, pontua que a "situação é rara". "Foram dois casos em 47 mil doses aplicadas. Ainda assim, nossa vigilância está atenta e reforçamos os procedimentos", disse.

A titular da pasta reforçou que a incidência da dengue atualmente na capital do país é a maior de todo o Brasil, com 3.870 casos para cada grupo de 100 mil pessoas.

Publicidade
A vacinação é segura, e convidamos as famílias de crianças e adolescentes de 10 a 14 anos para garantir essa proteção.

(Lucilene Florêncio, secretária de Saúde do DF)

Nas salas de vacina, além do tempo de espera após a aplicação das doses, antes da imunização, os servidores vão reforçar as orientações a respeito do histórico de alergias. Há ainda a capacidade para atender rapidamente a eventuais reações alérgicas.

Por fim, haverá um intervalo mínimo de 24 horas para que o grupo prioritário receba qualquer dose do esquema vacinal contra outras doenças.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.