Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Estudantes 'de ouro' e 'coração enorme': saiba quem são as vítimas do carro que afundou em córrego

Acidente ocorreu em Planaltina de Goiás; eles voltavam para o DF, onde moravam, quando o carro caiu de uma ponte e afundou

Brasília|Rafaela Soares, do R7, em Brasília

Jovens eram "de coração bom", dizem amigos
Jovens eram "de coração bom", dizem amigos Jovens eram "de coração bom", dizem amigos

“Meninos com coração enorme”, “Alunos que se destacavam e vão fazer falta” e “Meninos de ouro”. Essas são algumas das homenagens que os estudantes de veterinária Ivan Andrade, João Pedro Martins, Gabriel Araújo e Júlio José Araújo receberam nas redes sociais (veja imagens abaixo). Os jovens morreram após o carro que estavam cair de ponte e afundar em córrego em Planaltina de Goiás nesta terça-feira (23).

Os jovens retratavam a rotina de cuidados de animais das mais diversas espécies - como lhamas, vacas, cachorros, cavalos – em postagens nas redes. João Pedro chegou a escrever em uma legenda que “mexer com bicho é melhor do que mexer com gente. Não tem sorriso falso porque o animal não mente”.

Uma estudante que fazia o mesmo curso homenageou o amigo João Pedro e garante que ele não será esquecido. “Obrigada por ter sido meu parceiro fiel nessa jornada veterinária. Você seria o maior de todos, não tenho dúvida disso. Amo você e nossa amizade para todo o sempre”, completa.

Já Gabriel, exibia orgulhoso técnicas de cirurgias aprendidas dentro da sala de aula. Vinícius Roberto estudou com o jovem e conta que ele era conhecido como um “brincalhão de coração enorme”. “Mesmos nos dias ruins, ele conseguia tirar o sorriso dos outros. Brincava muito e às vezes, era expulso de sala”, lembra rindo.

Publicidade

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

O irmão de Gabriel, Júlio José, também estava no carro. “Eram pessoas excepcionais e estavam muito felizes no curso [de medicina veterinária]. É uma dor muito grande”, completou Vinícius enquanto ia ao enterro dos jovens.

Momentos de descontração também faziam parte da vida dos jovens que compartilhavam fotos de viagens a praias e cachoeiras por todo o Brasil. “Viva intensamente”, escreveu Ivan em uma foto no Rio de Janeiro. “Você esteve aqui por tão pouco tempo e trouxe muita alegria com as coisas boas que fez. Agora, vai fazer saudade. Você mora no meu coração para sempre”, escreveu uma amiga na última foto postada.

Publicidade

A faculdade dos jovens decretou luto oficial e homenageou os “alunos queridos”. Um membro do corpo docente relembra que teve o “prazer” de conviver com o quarteto durante um mês em aulas práticas. “Lembro como se fosse ontem o Júlio contando que mandou mensagem para saber se os meninos poderiam ir com ele para uma aula mesmo não estando no nosso semestre. Foi um dia inteiro de muito aprendizado, com muitas gargalhadas e nas melhores companhias”.

O acidente

Quatro estudantes de medicina veterinária morreram após o carro em que estavam cair de uma ponte e ficar submerso em um córrego em Planaltina de Goiás, município goiano no Entorno do Distrito Federal, nesta terça-feira (23). Os jovens, com idade entre 20 e 25 anos, moravam no DF e voltavam para casa quando o acidente aconteceu.

De acordo com a Polícia Civil de Goiás, ainda não se sabe a causa do acidente, mas a suspeita é que o motorista tenha perdido o controle do veículo. O delegado responsável pelo caso, Yasser Yassine, afirmou que bebidas alcoólicas foram encontradas no carro e que será feito um exame toxicológico para saber se as vítimas ingeriram álcool.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.