Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Häagen-Dazs vai recolher lotes de sorvete por possível presença de substância cancerígena 

Retirada do produto no Brasil foi determinada pela Anvisa nesta terça, após informação de recolhimento voluntário pela empresa

Brasília|Clarissa Lemgruber, do R7, em Brasília

Sorvetes que serão recolhidos apresentam validade de 7 de julho de 2022 a 18 de julho de 2023
Sorvetes que serão recolhidos apresentam validade de 7 de julho de 2022 a 18 de julho de 2023 Sorvetes que serão recolhidos apresentam validade de 7 de julho de 2022 a 18 de julho de 2023

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a proibição da comercialização e distribuição e o recolhimento de lotes do sorvete sabor baunilha da marca Häagen-Dazs Vanilla após identificação da substância 2-cloroetanol (2-CE) em produtos importados da França, do aroma natural de baunilha. A medida foi motivada após aviso de recolhimento voluntário iniciado pela empresa responsável pela fabricação do alimento, a General Mills Brasil Alimentos Ltda.

Em decisão publicada no Diário Oficial da União de segunda-feira (11), a Anvisa esclarece que a substância encontrada pode estar relacionada ao óxido de etileno (ETO), para a qual “não é possível afastar o potencial mutagênico e carcinogênico” [de causar câncer].

Os produtos a ser recolhidos são referentes a todos os lotes que apresentam data de validade entre 7 de julho de 2022 e 18 de julho de 2023, nos potes de 415 g (473 ml) e bulk 7,7 kg (9,46 l), vendidos em estabelecimentos comerciais.

Leia também

A Anvisa avaliou que a empresa infringe o inciso IV do art. 48 do decreto-lei nº 986, de 21 de outubro de 1969.

Publicidade

Recolhimento voluntário

Procurada pelo R7, a empresa General Mills Brasil Alimentos Ltda., responsável pela marca Häagen-Dazs, informou que está recolhendo voluntariamente os produtos da linha Häagen-Dazs Vanilla, pote com 473 ml, após encontrar possíveis traços de contaminação de 2-cloroetanol, substância que pode estar associada ao óxido de etileno. Leia abaixo a íntegra do comunicado:

"Os níveis encontrados da substância são baixos, e a empresa já tomou as devidas providências para substituição dos ingredientes afetados. Para a Häagen-Dazs, a qualidade e a segurança de seus produtos são grandes prioridades. A marca reitera que não utiliza óxido de etileno em nenhum processo de fabricação de seus produtos e que segue as normas regulatórias e de segurança, seguindo a legislação de cada mercado onde atua. Consumidores devem entrar em contato com o SAC da empresa pelo email sac.haagendazs@genmills.com ou pelo telefone 0800 031 0707".

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.