Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Haddad e Fávaro são ouvidos em comissões da Câmara nesta quarta

Ministros do governo Lula devem falar sobre o planejamento das pastas para os próximos meses de 2024

Brasília|Do R7

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, em agenda (Washington Costa/MF - 16.05.2024)

Os ministros Fernando Haddad, da Fazenda, e Carlos Fávaro, da Agricultura, devem ser ouvidos na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (22). Eles foram convidados a partir de requerimentos apresentados por parlamentares de diferentes comissões e devem tratar dos resultados e planos do governo Lula para os próximos meses.

Haddad será ouvido na Comissão de Finanças e Tributação. O requerimento é do deputado Mário Negromonte (PP-BA). Pelo pedido, Haddad deve tratar da previsão de 2,2% de crescimento para este ano, além das expectativas da política monetária e das projeções inflacionárias. A reunião está prevista para começar às 9h.

Recentemente, o ministro indicou que o governo federal está considerando elevar a estimativa de crescimento para 2024 de 2,2% para 2,5%. O mercado também tem revisado suas projeções de PIB para cima, pois acredita que o governo tem intensificado medidas de estímulo ao crescimento econômico.

Também é esperado que Haddad fale na Câmara sobre a reforma tributária. Nesta terça-feira (21), o ministro confirmou que enviará a segunda parte da regulamentação da reforma tributária na próxima semana.

Publicidade

Segundo o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), dois grupos de trabalho serão formados para debater a reforma tributária, cada um com 14 membros indicados pelos partidos.

Ministro da Agricultura na Câmara dos Deputados

Às 10h, Carlos Fávaro participará da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural para informar sobre as prioridades da pasta para o ano. Nesse caso, os parlamentares querem saber, especialmente, sobre os recursos necessários para a retomada do Plano Safra 2023/24 e a previsão orçamentária destinada ao plano.

Também estava prevista uma audiência pública com a presença do ministro Alexandre Silveira, de Minas e Energia. No entanto, a audiência foi cancelada e não foi informada uma nova data para o comparecimento do chefe da pasta.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.