Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Homem que esfaqueou influencer do DF durante encontro é preso; veja vídeo

Segundo a Polícia Civil, Marinaldo dos Santos usou nome falso em um aplicativo de namoro e tem ficha criminal extensa

Brasília|Rafaela Soares, do R7, em Brasília

Marinaldo Santos tem ficha criminal extensa
Marinaldo Santos tem ficha criminal extensa Marinaldo Santos tem ficha criminal extensa

A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu Marinaldo dos Santos, de 27 anos, por ter esfaqueado um influencer digital de Vicente Pires durante um encontro marcado pela internet (veja imagens abaixo). O homem foi encontrado em uma clínica para dependentes químicos em Valparaíso de Goiás, a 38 km de Brasília. Marinaldo possui uma ficha criminal extensa, com passagens por crimes como extorsão mediante sequestro, furto e tráfico de drogas. A polícia chegou ao suspeito depois de analisar impressões digitais deixadas no carro da vítima.

As investigações mostraram que o autor usou o nome falso de Felipe, e a dupla se encontrou durante a madrugada em uma lanchonete de Taguatinga. Marinaldo teria entrado no carro da vítima, e a dupla seguiu para Vicente Pires. Ainda segundo a polícia, o autor teria tentado manter relações sexuais com a vítima, que se recusou a isso.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

Nesse momento, as agressões começaram, e, segundo os investigadores, o influencer foi esfaqueado no braço e atingindo com socos. Marinaldo pegou o celular da vítima e tentou fugir. O influencer percebeu a seriedade do ferimento e pediu o aparelho de volta para chamar socorro. “Ao perceber a gravidade da situação, o autor lhe devolveu o celular e em seguida deixou o local”, segundo a Polícia Civil.

Autor devolveu celular roubado para vítima após perceber gravidade da facada
Autor devolveu celular roubado para vítima após perceber gravidade da facada Autor devolveu celular roubado para vítima após perceber gravidade da facada

A vítima conseguiu dirigir até o Pistão Norte e logo foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros, sendo levada para um hospital particular da região. Ele foi medicado e liberado logo em seguida.

O autor foi levado para a carceragem da Polícia Civil e foi indiciado pelo crime de roubo circunstanciado pelo emprego de arma branca. Caso seja condenado, pode pegar de cinco a 15 anos de prisão. A pena deve ser atenuada pelo fato de, após o crime, Marinalvo ter devolvido o celular.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.