Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Maio Amarelo: as 10 principais causas de ocorrências no trânsito no Brasil e saiba como evitá-las

Com o tema “Paz no Trânsito Começa por Você”, Maio Amarelo 2024 destaca a importância da responsabilidade compartilhada para um trânsito mais seguro

Brasília|Renato Fontes

Brasil é o terceiro país em número de mortes em acidentes de trânsito, atrás apenas da Índia e China Edu Garcia/R7

Você sabia que de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde) o Brasil é o terceiro país em número de mortes por ocorrências no trânsito, atrás apenas da Índia e da China? Somente em 2023, mais de 600 mil acidentes foram registrados no país; uma média de 17 casos por dia.

Quais são as principais causas dos acidentes de trânsito?

De acordo com o Atlas da Acidentalidade no Transporte Brasileiro, essas são as 10 principais causas de sinistros no Brasil:

1. Falta de atenção

2. Desobediência à sinalização

Publicidade

3. Excesso de velocidade

4. Consumo de álcool

Publicidade

5. Defeito mecânico em veículo

6. Não guardar distância de segurança

Publicidade

7. Dormir ao volante

8. Animais na pista

9. Ultrapassagem indevida

10. Defeito na via

Apesar dos altos números de mortes por ocorrências no trânsito no Brasil, é possível enxergar uma redução de casos. Segundo um relatório da MobiliDados, a taxa de mortalidade em sinistros de trânsito atingiu o menor patamar em 20 anos.

Com informações coletadas entre 2000 e 2019, esse estudo mostra que 15 pessoas a cada 100 mil habitantes morreram em ocorrências de trânsito durante 2019. O número equivale a uma queda de 32,2% em comparação com 2012, quando houve o pico da taxa de mortalidade (23 pessoas a cada 100 mil habitantes).

Maio Amarelo: Paz no trânsito começa por você!

Peça oficial da campanha Maio Amarelo 2024 Divulgação

Dentro desse cenário de redução de mortes no trânsito no Brasil, é possível considerar os esforços do Maio Amarelo, movimento mundial que desde 2013 busca conscientizar as pessoas sobre a segurança no trânsito.

Criada pelo Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), a iniciativa segue a proposta da Organização das Nações Unidas (ONU), que já está na 2ª Década de Ação para a Segurança no Trânsito (2021-2030). A meta é reduzir em 50% o número de mortes e lesões em acidentes de trânsito em todo o mundo. A cor amarela foi escolhida por simbolizar a atenção e a sinalização de advertência no trânsito.

Em sua 11ª edição, o tema deste ano no Brasil é “Paz no Trânsito Começa por Você”. O conceito de 2024 foi escolhido por meio de votação popular, o que demonstra o esforço do Governo Federal no sentido de envolver a população nas questões do trânsito, buscando seu engajamento nas campanhas educativas.

“É um momento para colocar em evidência o tema do trânsito, da importância da segurança viária, da conscientização das pessoas e dos gestores e de enfatizar a mensagem desse ano, que é “Paz no Trânsito começa por você”, que traz essa ideia de corresponsabilidade”, explica o secretário nacional de Trânsito, Adrualdo Catão.

Coordenada pela Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), a iniciativa, que integra as ações do Pnatrans (Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito), conta com a adesão e o protagonismo de órgãos e entidades que integram o Sistema Nacional de Trânsito (SNT), que desde o começo deste mês realizam uma série de ações em todo país.

Foram realizadas campanhas educativas, palestras, debates, passeios ciclísticos, ações em escolas, blitzes educativas e outras intervenções urbanas, todas com o intuito de sensibilizar a população sobre a importância da segurança no trânsito. O Maio Amarelo 2024 termina nesta sexta-feira (31).

Além do Maio Amarelo, a Semana Nacional de Trânsito (SNT), que será realizada entre os dias 18 e 25 de setembro deste ano; e o Programa Rodovida, que busca intensificar a fiscalização nas rodovias federais de todo o país; integram o calendário anual de ações do Governo Federal para um trânsito mais seguro e inclusivo.

“Todos nós somos responsáveis por criar um ambiente de trânsito seguro. A segurança viária é uma responsabilidade compartilhada. Precisamos manter isso em mente, lembrando sempre que o trânsito é um ambiente inerente ao risco e, portanto, a prudência e o respeito às leis são imprescindíveis”, reforça Adrualdo Catão.

Dicas de como evitar ocorrências no trânsito

● Respeite a sinalização e leis de trânsito

● Use sempre o cinto de segurança

● Não dirija se consumir bebidas alcoólicas, medicamentos e outras substâncias que possam alterar a percepção da realidade

● Fique concentrado e deixe celular e outras distrações de lado

● Faça a manutenção preventiva do seu carro

● Mantenha uma distância segura do veículo à sua frente

● Certifique-se de que os itens de segurança do carro (estepe, macaco, chave de roda e triângulo de sinalização) estejam bem conservados e disponíveis para fácil acesso

● Se estiver cansado ou com sono, não dirija

● Em situações específicas como dirigir em trechos com neblina ou chuva muito forte, acenda os farois e diminua a velocidade. Se achar melhor, pare o carro em um local seguro antes de retomar o trajeto, em condições melhores

● Redobre a atenção quando avistar placas que indicam risco de animais na pista

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.