Brasília Mauro Campbell é eleito corregedor-geral da Justiça Eleitoral

Mauro Campbell é eleito corregedor-geral da Justiça Eleitoral

Ministro será o responsável por fiscalizar a regularidade dos serviços eleitorais durante o pleito de 2022

  • Brasília | Renato Souza, do R7, em Brasília

O novo corregedor-geral da Justiça Eleitoral, ministro Mauro Campbell Marques

O novo corregedor-geral da Justiça Eleitoral, ministro Mauro Campbell Marques

divulgação/TJAM

O ministro Mauro Campbell Marques, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), foi eleito o novo corregedor-geral da Justiça Eleitoral na noite desta terça-feira (9). Ele recebeu seis votos entre os sete magistrados que integram a Corte. A votação secreta ocorreu por meio da urna eletrônica, onde um aparelho do tipo foi fixado no plenário. A posse ocorreu na mesma sessão em que foi realizado o pleito.

O corregedor-geral da Justiça Eleitoral fica no cargo por dois anos. O ministro Campbell, portanto, fica no cargo durante as eleições de 2022. Ele será responsável por atos de fiscalização e eventuais ações referentes a irregularidades, denúncias e suspeitas de fraudes e erros por parte dos candidatos que estiverem concorrendo ao pleito.

O ministro Benedito Gonçalves recebeu um voto. Antes da votação, o presidente da Corte, Luís Roberto Barroso, imprimiu a zerésima, para destacar que ainda não haviam votos. "Sempre lembrando que a urna nunca entra e rede e não é passível de acesso remoto. Esse boletim nas eleições parlamentares e presidenciais são distribuídos aos fiscais de partidos e afixados nos locais de votação. A partir daí já saiu o resultado da votação. Pode derrubar o sistema do TSE que não corre risco de alterar o resultado das eleições", disse Barroso.

Barroso cometeu uma gafe durante a apresentação do resultado, e chamou Mauro Campbell Marques de "Karl Marx". O magistrado corrigiu a falha em seguida. "Portanto, cumprimento o ministro Karl Marx, é... Mauro Campbell Marques, por sua eleição para o importantíssimo cargo de procurador-geral eleitoral e que conduzirá o processo nas eleições de 2022", disse o presidente do TSE.

Marx foi um pensador nascido na Alemanha, radicado em Paris, conhecido por sua crítica ao capitalismo e considerado o pai do comunismo. Ele viveu no século XIX e criticava a desigualdade social que, de acordo com ele, poderia ser resolvida com uma revolução das classes operárias.

Últimas