Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

PGR pede ao STF inquérito para investigar tapa de Washington Quaquá em deputado

Caso é relatado pelo ministro Cristiano Zanin; ocorrência policial foi registrada pela suposta prática do crime de injúria

Brasília|Gabriela Coelho, do R7, em Brasília

PGR pede notificação do YouTube por vídeo
PGR pede notificação do YouTube por vídeo PGR pede notificação do YouTube por vídeo (Reprodução/Facebook)

A PGR (Procuradoria-Geral da República) solicitou ao Supremo Tribunal Federal a instauração de um inquérito para investigar o episódio no qual o deputado federal Washington Quaquá (PT-RJ) deu um tapa no colega de Câmara Messias Donato (Republicanos-ES). O caso está sob relatoria do ministro Cristiano Zanin. Uma ocorrência policial foi registrada pela suposta prática do crime de injúria.

O R7 entrou em contato com o parlamentar e aguarda manifestação. A PGR pediu que seja notificada a plataforma YouTube, para que preserve o vídeo intitulado "Quaquá dá tapa no rosto de Messias Donato durante promulgação da tributária", medida a ser efetivada pela Polícia Federal, em conformidade com as normas e procedimentos aplicáveis à coleta de vestígios digitais. 

De acordo com o processo, durante a sessão do Congresso Nacional de 20 de dezembro do ano passado, na sessão de promulgação da Reforma Tributária no plenário da Câmara, Washington teria proferido vários xingamentos direcionados à bancada dos deputados de direita e dado um forte tapa no lado direito no rosto de Donato, enquanto a vítima tentava intervir para pacificar a situação. 

A PGR pediu para que o Washington Luiz Cardoso Siqueira, caso queira, preste as informações que julgar pertinentes sobre os fatos noticiados, no prazo de 15 dias. 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.