Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Republicanos fica com a presidência, e MDB com a relatoria da CPI das Americanas

Colegiado que vai investigar rombo bilionário na companhia foi instalado nesta quarta-feira (17); CPI vai funcionar por 120 dias

Brasília|Hellen Leite, do R7, em Brasília

Gustinho Ribeiro (Republicanos-SE) vai ser o presidente da CPI das Americanas
Gustinho Ribeiro (Republicanos-SE) vai ser o presidente da CPI das Americanas Gustinho Ribeiro (Republicanos-SE) vai ser o presidente da CPI das Americanas

A Câmara dos Deputados instalou nesta quarta-feira (17) a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para sobre a suposta fraude financeira nas Lojas Americanas. O objetivo é desvendar o que está por trás do rombo contábil de R$ 20 bilhões da empresa. A presidência do colegiado ficou deputado federal Gustinho Ribeiro (Republicanos-SE), e a relatoria é do deputado Carlos Chiodini (MDB-SC).

"É um tema que precisamos ter, acima de tudo, compromisso com o país, com a economia e proteger as pessoas e investidores que foram lesados. O Brasil não pode ser uma terra sem lei para qualquer grupo empresarial, do tamanho que for, para prática de crimes ou fraudes", afirmou Ribeiro. A CPI vai funcionar por 120 dias, com 27 titulares e 27 suplentes.

Em janeiro, a companhia identificou a existência de operações de financiamento de compras, nas quais a varejista é devedora, que não estão adequadamente registradas nas demonstrações financeiras divulgadas no 3° trimestre do ano passado. Com a notificação ao governo e mercado, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu quatro processos administrativos para investigar a companhia.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.