Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

STF tem maioria para tornar réus mais 250 envolvidos no 8 de Janeiro

Corte conclui na segunda (22) quinto julgamento de pessoas que participaram dos ataques; número de réus pode subir para 1.045

Brasília|Augusto Fernandes, do R7, em Brasília

Total de réus pode chegar a 1.045
Total de réus pode chegar a 1.045 Total de réus pode chegar a 1.045

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria, neste sábado (20), para tornar réus mais 250 envolvidos com o 8 de Janeiro, quando as sedes dos Três Poderes em Brasília foram palco de atos de vandalismo. 

Até o momento a Corte já finalizou quatro julgamentos de denúncias contra pessoas envolvidas nos atos de vandalismo, e 795 vão responder criminalmente por participação nas manifestações. Esse número pode chegar a 1.045 no fim do julgamento em curso, que termina na segunda-feira (22).

As 250 pessoas que são alvo desse julgamento foram denunciadas pela Procuradoria-Geral da República (PGR) por crimes como associação criminosa, tentativa de abolição violenta do Estado democrático de Direito, tentativa de golpe de Estado, ameaça, perseguição e incitação ao crime.

O voto do ministro Alexandre de Moraes, relator do inquérito sobre as pessoas que participaram dos episódios de vandalismo, foi para tornar réus mais esses 250 envolvidos. Ele foi seguido por Dias Toffoli, Cármen Lúcia, Rosa Weber, Luís Roberto Barroso e Gilmar Mendes.

Publicidade

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

A PGR apresentou ao Supremo 1.390 denúncias. Faltam ir a julgamento, portanto, outras 345 pessoas. O plenário virtual do STF vai julgar, entre os dias 23 e 29 de maio, mais 131 processos contra pessoas suspeitas de instigar a manifestação. Será o sexto conjunto de denúncias a ser analisado. 

Confira abaixo o período dos julgamentos:

Publicidade

• 100 denunciados (de 18 a 24 de abril);

• 200 denunciados (de 25 de abril a 2 de maio);

Publicidade

• 250 denunciados (de 3 a 8 de maio);

• 245 denunciados (de 9 a 15 de maio); e

• 250 denunciados (de 16 a 22 de maio).

Total até o momento: 1.045 denunciados

Restam: 345 denunciados

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.