Publicidade

TSE reprova contas do PROS e determina devolução de R$ 1,8 milhão

Colegiado também decidiu pelo recolhimento de R$ 512 referentes ao recebimento de recursos de origem não identificada

Brasília|Do R7*, em Brasília

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.