Brasília Suspeito de matar namorada com tiro na cabeça confessa o crime por Whatsapp

Suspeito de matar namorada com tiro na cabeça confessa o crime por Whatsapp

Caso aconteceu no PSul, em Ceilândia; o homem atirou na ex-companheira na frente da filha do casal

Suspeito de matar a ex-companheira com um tiro na cabeça na frente da própria filha, Paulo Roberto Moreira confessou o crime a amigos em um grupo de Whatsapp. Na mensagem, ele acusa a vítima, Izabel Aparecida de Sousa, 37 anos, de ter feito uma operação bancária e retirado um dinheiro que ele queria de volta. Por áudio, ele diz que ela riu dele e afirma que não pensou no que estava fazendo.

Últimas