Diário Digital Aberta chamada para apoio a pós-docs negros e indígenas em ecologia

Aberta chamada para apoio a pós-docs negros e indígenas em ecologia

Projeto tem objetivo de financiar novas linhas de pesquisa em ecologia formuladas por pós-doutores negros ou indígenas

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital

Em parceria com várias fundações estaduais de amparo à pesquisa (FAPs), incluindo a Fundect, o Instituto Serrapilheira abriu a chamada conjunta de apoio a pós-docs negros e indígenas em ecologia nº 2/2023, um edital com objetivo de financiar novas linhas de pesquisa em ecologia formuladas por pós-doutores negros ou indígenas que almejam obter, no médio prazo, uma posição formal como professor ou pesquisador.

A iniciativa vincula a grandeza da ciência brasileira ao crescimento do número de professores e pesquisadores negros e indígenas na academia. Com essa chamada, afirma-se a confiança nos resultados de uma ciência representativa, por meio de um apoio a pesquisa em ecologia e a formação de jovens talentos, de quem depende o futuro do país.

Os pesquisadores, que trabalharão como pós-doutorandos, podem vir de instituições, cidades, estados ou mesmo países diferentes.

A Fundect é parceira neste edital, apoiando até quatro projetos de pós-doutores negros ou indígenas para executarem suas pesquisas nas ICTs ou Instituições de Ensino Superior de Mato Grosso do Sul. Em breve a Fundect abrirá uma chamada local para apoiar as propostas que sejam aprovadas nas fases 1 e 2 da Chamada do Instituto Serrapilheira.

ATENÇÃO: Envio de pré-propostas até 25 de janeiro de 2024.

Mais detalhes podem ser vistos no site da Chamada conjunta de apoio a pós-docs negros e indígenas em ecologia nº 2/2023.

Últimas