Diário Digital Jovem de 19 anos é executado com mais de 10 disparos de arma de fogo

Jovem de 19 anos é executado com mais de 10 disparos de arma de fogo

"Meu irmão era usuário de drogas e eu garanto que ele não estuprou ninguém", diz irmã da vítima

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital

Rogério Baez Fernandes, de 19 anos de idade, foi executado com mais de 10 disparos no início da tarde desta segunda-feira, 25 de Julho, em uma residência na rua Conquista, no bairro Jardim Noroeste, em Campo Grande (MS).

A vítima estava almoçando na varanda, quando três autores entraram no imóvel. Os criminosos entraram em luta corporal com a mãe do jovem que tentou defender o filho, porém, eles disseram que queriam apenas saber onde o jovem estava. Ao perceber o trio, Rogério entrou para casa para tentar se esconder.

Rogério foi atingido por diversos disparos e não resistiu aos ferimentos (Foto: Reprodução/Rede Social)

Rogério foi atingido por diversos disparos e não resistiu aos ferimentos (Foto: Reprodução/Rede Social)

Diário Digital

Já em um dos quartos do local, os autores o encontraram e atiraram mais de 10 vezes. Os tiros atingiram a cabeça, boca e o peito. Em seguida, dois fugiram em uma motocicleta e outro em um veículo modelo Volkswagen Gol. 

Testemunhas relataram que durante a manhã desta segunda-feira (25), uma mulher parou em frente à residência e ameaçou Rogério. O carro não é o mesmo que fugiu com os autores.

Mãe e irmã da vítima estavam abaladas com o crime (Foto: Luiz Alberto)

Mãe e irmã da vítima estavam abaladas com o crime (Foto: Luiz Alberto)

Diário Digital

A equipe do Diário Digital conversou com a irmã do jovem, Fernanda Baez Fernandes. Ela disse que a motivação do crime foi por dívidas de drogas. “Meu irmão escondia algumas coisas da família, mas já sabemos que um dos autores é da favela do Jardim Noroeste”.

"Meu irmão estava precisando pagar umas dívidas com drogas, mas ele não é estuprador. Rogério era usuário de drogas e eu me garanto que ele não abusou de ninguém", ressaltou Fernanda. 

Rogério possui diversas passagens pela polícia. Em uma delas, consta um boletim de ocorrência de estupro de vulnerável contra uma criança de quatro anos do bairro Colibri.

Namorada da vítima,  Juliane e a irmã, Fernanda (Foto: Luiz Alberto)

Namorada da vítima,  Juliane e a irmã, Fernanda (Foto: Luiz Alberto)

Diário Digital

Em conversa com o DD, a esposa da vítima, Juliane Martins Ribeiro, também confirmou que a filha não foi abusada pelo jovem. "Meu marido não fez isso, minha filha o chamava até de pai. Estão querendo tirar o foco da morte do Rogério, mas iremos provar tudo", finalizou.

O delegado da Terceira Delegacia de Polícia Civil (3ª DP), Reges Daniel de Almeida Gonçalves informou que a vítima foi atingida por diversos disparos de arma de fogo. "No crime foram usadas duas pistolas uma .40 e outra 9mm. Os autores e a motivação do crime serão investigados".  

Veja o vídeo:

(Vídeo: Marina Romualdo)
 

Últimas