Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

Mulher deita no chão em posto de combustíveis para evitar fura-filas

Por conta do aumento do combustível, os postos de gasolina ficaram lotados e com filas enormes na quinta-feira (10), em Campo Grande (MS). Para conseguir abastecer seu veículo e impedir que outros condutores "furassem" a fila, a funcionária pública federal, Edy Firmina, deitou na frente dos carros. Com o grande número de carros no local, […] O post Mulher deita no chão em posto de combustíveis para evitar fura-filas apareceu primeiro em Diário Digital.

Diário Digital

Diário Digital|Do R7

Por conta do aumento do combustível, os postos de gasolina ficaram lotados e com filas enormes na quinta-feira (10), em Campo Grande (MS). Para conseguir abastecer seu veículo e impedir que outros condutores "furassem" a fila, a funcionária pública federal, Edy Firmina, deitou na frente dos carros.

Com o grande número de carros no local, os motoristas começaram a formar fila dupla. Neste momento, Edy resolveu descer do veículo e deitar no chão. O flagrante foi feito pela jornalista Antonielly Avellar no posto na avenida Três Barras, da Capital.

Diário Digital
Diário Digital Diário Digital
Diário Digital
Diário Digital Diário Digital

Em conversa com a funcionária pública, a mesma relatou que chegou no posto e foi para o final da fila. "Tem pessoas que se acham espertas, que querem furar fila. Se quiser furar, vai ter que passar por cima de mim. Não tem o que fazer, só agindo desta forma. Infelizmente" desabafa a mulher.

Veja vídeo:

Publicidade

(Vídeo: Reprodução/Antonielly Avelar)

Aumento do combustível – Petrobras anunciou o reajuste que entra em vigor nesta sexta-feira, 11 de Março. Segundo consumidores, o preço da gasolina já é considerado alto, em Campo Grande (MS), com o litro vendido a R$ 6,25 em média para os clientes. Porém, é possível encontrar o litro sendo vendido por até R$ 6,39.

Publicidade

Conforme o anunciado, a gasolina ficará 18% mais cara para as distribuidoras, enquanto o diesel terá aumento maior, de 25%. O GLP, também reajustado, ficará 16% mais pesado na conta. O preço final ao consumidor depende da política de cada revendedor e dos postos.

"Apesar da disparada dos preços do petróleo e seus derivados em todo o mundo, nas últimas semanas, como decorrência da guerra entre Rússia e Ucrânia, a Petrobras decidiu não repassar a volatilidade do mercado de imediato, realizando um monitoramento diário dos preços de petróleo", explicou a companhia em nota.

Publicidade

A partir desta sexta-feira (11), portanto, o preço médio de venda da gasolina da Petrobras às distribuidoras passará de R$ 3,25 para R$ 3,86 por litro. Para o diesel, o valor médio irá de R$ 3,61 para R$ 4,51 por litro.

Também aumenta o GLP, que segundo a empresa teve o último ajuste em 9 de outubro de 2021. O preço médio, que era de R$ 3,86, passará a ser R$ 4,48 por quilo, o equivalente a R$ 58,21 por 13 hg.

O post Mulher deita no chão em posto de combustíveis para evitar fura-filas apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.