Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

7 sinais que alguém pode estar espionando suas conversas do WhatsApp

Está suspeitando que alguém está bisbilhotando o seu celular? Com apenas alguns passos você pode ter a resposta

Folha Vitória|

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

Com certeza já passou pela cabeça de muita gente a possibilidade de alguém estar bisbilhotando as conversas privadas no WhatsApp. Pode parecer complexo, mas é possível desvendar esse mistério com muito mais facilidade do que você imagina.

Especialistas uniram sete maneiras pelas quais você pode tentar descobrir se alguém está observando as suas conversas, já que os smartphones modernos permitem o controle de muitos movimentos no dispositivo.

1. Tempo de Uso

A ferramenta permite analisar o tempo no geral, e também qual aplicativo foi usado e por quanto tempo. Dessa maneira, é possível perceber caso alguém tenha bisbilhotado qualquer aplicativo. 

Por exemplo, se o WhatsApp tiver sido usado uma hora atrás, enquanto você ainda estava dormindo.

Publicidade

2. Alto uso de dados

Caso você receba notificações de uso de dados mais cedo do que o normal no mês, isso pode ser um indício do uso sem o seu conhecimento. 

Assim que esse tipo de aviso sobre seu limite de dados aparecer, e você não reconhecer o uso, alguém pode estar realizando uma espionagem em seu celular.

Publicidade

3. Verifique o histórico de navegação

Se o seu bisbilhoteiro for descuidado, é possível analisar o histórico de internet, que apesar de ser fácil de limpar, pode ser esquecido. 

A partir do histórico de navegação do celular, talvez até seja possível descobrir o responsável pela espionagem.

Publicidade

4. Mensagens lidas

Outra maneira óbvia que revela que alguém está mexendo no seu telefone são mensagens exibidas como lidas, mas que você mesmo não clicou nelas.

Esta é uma forma fácil e certeira de capturar espiões, já que para examinar mensagens é necessário abrir algumas ainda não lidas, e não há uma forma de desler alguma delas.

Publicidade

5. Recebendo mensagens estranhas

É possível que um espião tenha uma conversa inteira usando o dispositivo e depois a exclua, deixando você sem saber.

Mas caso você receba mensagens de texto estranhas ou ofensivas, podem ser respostas para essas conversas excluídas e mais provas da espionagem.

6. Verifique carrossel de aplicativos

Outra alternativa é verificar o carrossel de aplicativos, que provavelmente será esquecido por um bisbilhoteiro habilidoso, que se lembraria de excluir o histórico da internet ou qualquer bate-papo que tenha tido.

Em um iPhone, você pode acessar o recurso deslizando de baixo para cima, e segurando o dedo no centro da tela. Dessa forma, o carrossel mostrará quais aplicativos foram usados ​​recentemente e em qual ordem. 

Para que isso seja eficaz, é importante que você saiba qual aplicativo usou na última vez que você o desligou.

7. Deterioração da vida útil da bateria

Caso a desconfiança seja muito grande, você também pode ficar de olho na duração da bateria. Essa é uma maneira bem direta de verificar caso alguém esteja utilizando o seu celular.

Uma bateria esgotando rapidamente sem que você use o dispositivo pode ser um sinal. Apesar disso, não é uma prova conclusiva, já que pode significar apenas um desgaste da bateria.

*Com informações do portal R7

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.