Folha Vitória A importância da desferrização de metais pesados que estão presentes na água

A importância da desferrização de metais pesados que estão presentes na água

Em água de poços artesianos, a presença de ferro ou manganês é considerada comum. No entanto, tais elementos podem resultar em danos...

Folha Vitória
Foto: Divulgação/DINO

Em água de poços artesianos, a presença de ferro ou manganês é considerada comum. Desta forma, é possível notar manchas com tom marrom ou cinza em pias ou banheiras como indício de substâncias no líquido. Também conhecido como “capa rosa”, o problema resulta em mau cheiro e incrustações, por exemplo.

De acordo com a Asstefil, empresa especializada em sistemas de filtragem, esse tipo de elemento em grandes quantidades pode causar bloqueios de válvulas e acúmulos em tubulações e tanques. Na prática, a ocorrência de contaminação da água por metais pesados pode ocasionar prejuízos em estruturas materiais, bem como à saúde.

Conhecendo os elementos

Ferro e manganês são facilmente achados na natureza. Quando se infiltra pelo solo e rochas, a água dissolve estes elementos metálicos, o que os torna parte do líquido subterrâneo de maneira contaminante. Comumente, águas superficiais não têm altas concentrações de ferro e manganês, pois contam com grande concentração de oxigênio. Isto faz com que os metais se oxidem e se sedimentem.

Em poços profundos e em mananciais, onde o oxigênio e pH devem ser baixos, a água que possui ferro e manganês apresenta aspecto translúcido. Mas, quando exposta ao ar, tais metais dissolvidos reagem ao oxigênio e são convertidos em substâncias coloridas.

Impactos de metais pesados à saúde

Na saúde, o contato de metais pesados com a água de consumo pode gerar danos sérios como diabetes, doenças cardíacas, manchas na pele, câncer no fígado, infertilidade, artrite, hipotireoidismo e hemocromatose, entre outros problemas.

Como remover metais da água

Estes metais podem gerar coloração e sabor desagradável e, por isso, possuem limites estabelecidos através do Anexo X da Portaria do Ministério da Saúde nº 2.914. Ou seja, para que estes riscos sejam evitados, se faz necessária a desferrização de metais pesados na água.

O primeiro passo para verificar se ferro ou manganês estão presentes na água é a realização de uma análise física, química e microbiológica para identificação de concentração. Depois da constatação do problema, é indicado que se procure a instalação de sistemas de filtrantes naturais como a zeólita agregados a outros tipos de tratamento complementares.

Com isso, será possível alcançar a redução destes contaminantes de forma simples.

Últimas