Folha Vitória Apartamento é arrombado em Jardim da Penha e ladrão foge da PM

Apartamento é arrombado em Jardim da Penha e ladrão foge da PM

Suspeito estava com o notebook, que abandonou ao ser abordado por policiais que faziam patrulhamento pelo bairro de Vitória. O computador...

Folha Vitória
Foto: Folha Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um apartamento foi arrombado em Jardim da Penha, em Vitória, nesta quinta-feira (26). O criminoso fugiu levando um notebook, mas foi capturado por policiais militares que faziam patrulha no local. O computador foi recuperado.

No local mora um casal de amigos e um deles, professor, dormia no quarto quando o suspeito invadiu o apartamento. O homem não percebeu a invasão, pois a porta do cômodo estava trancada. 

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe do nosso grupo de notícias no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

De acordo com o relato, a Polícia Militar fazia patrulhas na região quando encontrou um homem em atitude suspeita. Ele carregava um notebook, no entanto, quando os oficiais o abordaram, ele deixou o dispositivo e fugiu. 

No aparelho estavam informações de contato da amiga do professor, que também mora no apartamento.

 "Eu recebi uma ligação por Instagram, acredito que eles tenham aberto e visto meu nome completo e a foto. Fui direto para casa e depois fomos para a delegacia", contou a amiga.

Ao sair do quarto, o professor percebeu que o apartamento havia sido revirado, o suspeito ainda tentou levar alguns sapatos que estavam no local, mas não conseguiu. O criminoso entrou e saiu pela báscula do banheiro.

"Eu tentei acessar o banheiro do meu apartamento e percebi que a porta estava trancada. No momento, eu já fiquei preocupado porque a porta só pode ser trancada por dentro", explicou o professor.

Os militares deixaram o notebook no DPJ de Vitória e o aparelho já foi recuperado pelas vítimas. Os moradores do apartamento fizeram o registro do boletim, mas ainda se preocupam com a segurança do local. 

Em nota, a Polícia Civil informou que o caso será investigado mas até o momento não há detidos.

*Com informações da repórter da TV Vitória/ Record TV, Ana Carolina Mota

Últimas