Folha Vitória Após protestos, Ufes amplia gratuidade do restaurante para estudantes

Após protestos, Ufes amplia gratuidade do restaurante para estudantes

A medida atende estudantes com renda familiar de até dois salários mínimos e que não integram o Proaes-Ufes

Folha Vitória
Foto: Gabriel Barros/ Folha Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O Conselho Universitário da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) aprovou na última quinta-feira (22), a criação do Benefício RU-Ufes. A medida amplia a gratuidade do pagamento das refeições nos Restaurantes Universitários (RUs) para estudantes que possuem renda familiar de até dois salários mínimos per capita e que não integram o Programa de Assistência Estudantil da Ufes (Proaes-Ufes).

No final de maio, alunos da instituição, em protesto contra as mudanças nas roletas de acesso ao Restaurante Universitário (RU), fecharam os portões e bloquearam as entradas no campus de Goiabeiras, em Vitória.

A Ufes afirma que a aprovação é resultante de diálogos entre a Administração Central e representantes estudantis.

Além disso, segundo a universidade, a gratuidade atende a uma reivindicação dos estudantes e vai contemplar alunos regulares de graduação presencial. 

“Esta medida tem o objetivo de ampliar ações que contribuem para a permanência qualificada dos estudantes, e se soma a outras iniciativas de fortalecimento da assistência estudantil que vêm sendo implementadas na Ufes”, disse o reitor Paulo Vargas.

Nos próximos dias, a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Cidadania (Proaeci) vai detalhar como será a implementação do benefício e o processo de cadastro dos estudantes.

Para a concessão do Benefício RU-Ufes serão utilizados recursos orçamentários e financeiros provenientes de arrecadação própria da Ufes

* Com informações da Ufes

Últimas