Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Bancos de leite do ES estão com estoque abaixo do necessário

Em abril foram coletados, em todos os bancos de leite capixabas, 337 litros de leite humano, sendo que o ideal é que o volume seja...

Folha Vitória|

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

O Dia Internacional de Doação de Leite Humano, comemorado nesta sexta-feira (19), que tem como objetivo conscientizar sobre a importância da doação e incentivar as mulheres em fase de aleitamento, apresenta uma dura realidade no Espírito Santo.

É que, apesar da importante necessidade para os recém-nascidos, o estoque de leite nos hospitais do Estado está baixo. Segundo informações do Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes (Hucam), no mês passado foram coletados, em todos os bancos de leite capixabas, 337 litros de leite humano, sendo que o ideal é que o volume seja entre 500 a 800 litros por mês.

É importante frisar, no entanto, que a amamentação tem comprovadamente impacto na redução da mortalidade infantil, sendo que o leite humano é o único alimento capaz de oferecer todos os nutrientes necessários, fornecendo aos bebês prematuros o rápido ganho de peso e protegendo-os de infecções.

De acordo com a coordenadora do Banco de Leite Humano do Hospital Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves (Himaba), a médica Angélica Carvalho, para atender à necessidade das crianças, são necessários, em média, 70 litros de leite por semana.

Publicidade

“Um simples gesto ajuda na recuperação de recém-nascidos prematuros e de baixo peso, internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (Utin). Um único frasco de leite materno doado pode alimentar até 10 recém-nascidos por dia”, disse.

Como ajudar

O banco de leite humano do Himaba, gerenciado pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria da Saúde (Sesa), recebe doações do alimento e realiza coleta externa na região de Vila Velha e também em Cariacica.

Publicidade

Para doar basta entrar em contato pelo telefone (27) 3636-3151 ou via e-mail: bancodeleite.himaba@institutoacqua.org.br, por meio do qual a doadora receberá todas as orientações da equipe sobre os procedimentos para a coleta e armazenamento do leite. 

A retirada dos frascos com leite coletados pela mãe pode ser feita pelo Himaba na residência da lactante uma vez por semana, em dia e horário agendados.

Publicidade

Para doar, além da disponibilidade, a doadora deve ser saudável, não tomar nenhum medicamento que interfira na amamentação e apresentar exames laboratoriais recentes, realizados no período de 6 meses. Todo leite doado é analisado, passando por testes de qualidade, processado, pasteurizado e só então é ofertado aos bebês prematuros.

* Com informações do repórter Lucas Pisa para a TV Vitória | RecordTV

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.