Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Cais do Hidroavião, 1º aeroporto do ES, deve virar centro cultural; veja qual é plano

Prefeitura de Vitória já mobiliza mudanças na cessão do imóvel via SPU e moradores do ponto histórico de Santo Antônio, em Vitória,...

Folha Vitória|

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

Em breve, o Cais do Hidroavião, em Santo Antônio, em Vitória, deve ganhar um novo fim.

Agora, a proposta é de que o espaço abrigue um complexo cultural que tenha, também, polo gastronômico e espaço de memória que eternize a importância da operação. 

LEIA TAMBÉM: Eduardo Leite surge com o namorado em festa de casamento, em Vila Velha

Só para se ter ideia, o empreendimento foi o 1ª do Espírito Santo a ter rota aeropostal direta entre Vitória, no Brasil, e Toulouse, na França. Também foi o primeiro aeroporto do Estado quando inaugurado, no fim dos anos 1930, como operou até 1948.

Publicidade

LEIA TAMBÉM: Fotos: festa inaugura point da Praia do Canto e lança nova empresa da Rede Vitória

Em audiência pública na última quinta-feira (22), o vereador de Vitória Duda Brasil (União) reuniu população do bairro e entorno para debater sobre os possíveis usos do local. A ideia do parlamentar já era criar um ambiente para valorizar o entretenimento e história do cais. 

Publicidade

"Por parte da população, a vontade é de que o Cais do Hidroavião seja um espaço que conte a história do que foi ali, assim também como um espaço gastronômico, de atenção às pessoas que visitam a região, e cultural", fala Duda à Coluna Pedro Permuy, que não é boba nem nada, em primeira mão.

LEIA TAMBÉM: Caso Gracyanne Barbosa: dermatologista explica tratamentos para clarear pele

Publicidade

Segundo ele, "tornar o espaço de uso para fins de exploração econômica" é vontade mútua, inclusive, por parte da Prefeitura de Vitória (PMV) - para quem o espaço está cedido pela Superintendência do Patrimônio da União no Espírito Santo (SPU-ES). 

O QUE ACONTECE AGORA?

Com a positiva dos moradores sobre a ideia na última semana, Duda encaminhará possíveis propostas, oficialmente, à Secretaria de Desenvolvimento da Cidade e Habitação de Vitória (Sedec) e à Companhia de Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Vitória (CDTIV) nos próximos dias. 

LEIA TAMBÉM: De férias no Brasil, astro da NBA Jimmy Butler prova café do ES e se encanta

"O mais importante é dar um destino que contribua com a história, a economia, e, principalmente, com os anseios da população de Vitória ao cais", reitera. 

O QUE DIZ A PREFEITURA

A este colunista, o Executivo da Capital diz que o "município dialoga com a SPU sobre melhoria nos termos de renovação do contrato de cessão do imóvel". 

"A nova proposta visa ampliar as possibilidades de uso do imóvel com atividades que abrangem segmentos com ênfase sociocultural, econômico e sustentável", diz trecho do posicionamento enviado pela PMV.

LEIA TAMBÉM: Arthur Aguiar dá beijão e curte show com nova namorada, empresária do ES

"Atualmente, a CDTIV é responsável pelas concessões municipais, portanto, com a renovação de cessão estabelecida, a empresa pública dará andamento ao fomento do uso e ocupação daquele espaço", termina.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.