Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Casal tem casa incendiada enquanto dormia em Vila Velha; vizinhos conseguiram evitar tragédia

Uma caixa d'água foi utilizada para conter as chamas, que destruíram praticamente toda e residência

Folha Vitória|

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

Um casal de moradores do bairro Cobilândia, em Vila Velha, na Grande Vitória, foi surpreendido com um incêndio na casa em que vivem com a filha, um bebê de apenas quatro meses, na manhã deste domingo (11). 

A criança não estava no local na hora do ocorrido. Uma caixa d'água foi utilizada para conter as chamas, que destruíram praticamente toda a residência.

A reportagem do Folha Vitória conversou com a moradora da casa atingida pelo incêndio. Ela, que é menor de idade, disse que vive no imóvel com o marido há cerca de um ano.

 Ainda segundo os relatos da moradora, o casal só percebeu o que estava acontecendo após ouvirem os gritos dos vizinhos, que rapidamente se mobilizaram em direção à residência. 

Publicidade

A adolescente também disse ter ficado aliviada por sua filha não estar no local, uma vez que passou o fim de semana na casa de sua madrasta.

Problemas na fiação

Publicidade

A proprietária do imóvel, a dona de casa Rosenilda Ribeiro da Silva, 60 anos, afirmou que, quando o Corpo de Bombeiros chegou ao local, o fogo já havia sido contido pelos próprios moradores. 

Ainda assim, de acordo com Rosenilda, os agentes inspecionaram o imóvel e disseram que o incêndio pode ter sido ocasionado por três motivos: curto-circuito na rede elétrica, pontas de cigarro acesas descartadas incorretamente ou algum aparelho eletrodoméstico que ficou ligado enquanto o casal dormia.

Publicidade
Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

"A casa ficou toda danificada. Eles acordaram com o imóvel pegando fogo. Quem viu as chamas foi um vizinho; tiveram que quebrar todo o telhado, pois foi preciso virar toda a água da caixa que abastece a residência para apagar o fogo. Eles acabaram perdendo tudo", disse Rosenilda.

Questionada sobre a segurança da fiação do imóvel que ela aluga para o casal, a proprietária da casa admitiu que os fios estão velhos. 

"A fiação já está um pouco velha. Os bombeiros acreditam que pode ter curto-circuito ou até mesmo guimba (sic) de cigarro, pois a cama foi a primeira a começar a incendiar", relatou.

Dificuldades

Uma tia da menor, que se identificou apenas como Rosa, disse que o casal tem enfrentado dificuldades e que o incêndio da manhã deste domingo só agravou o quadro. "Eles não têm emprego, vendem amendoim na rua. Perderam tudo", resumiu.

O que diz o Corpo de Bombeiros sobre a ocorrência

A reportagem tenta contato com o Corpo de Bombeiros para mais detalhes sobre a ocorrência. Assim que houver retorno, este texto será atualizado.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.