Folha Vitória Chlorum Solutions inaugura primeira unidade da Bahia em São Sebastião do Passé

Chlorum Solutions inaugura primeira unidade da Bahia em São Sebastião do Passé

Nova fábrica, que segue a proposta ESG da companhia, já opera em plena capacidade.

Folha Vitória
Foto: Divulgação/DINO

A primeira unidade da Chlorum Solutions na Bahia foi inaugurada em São Sebastião do Passé, nesta quarta-feira (12), durante um evento que contou com a presença de autoridades locais, clientes, fornecedores e colaboradores da Chlorum. Com investimento de R$ 90 milhões, a nova unidade da empresa, especializada na instalação e operação de plantas de cloro álcalis de pequena escala, segue a proposta ESG e já está em plena operação.

Localizada na Região Metropolitana de Salvador, capital baiana, a nova fábrica possui tecnologias de ponta para produção de soda, ácido clorídrico e hipoclorito nos melhores padrões de qualidade e segurança. Essa já é a quarta unidade da empresa no Nordeste, onde a companhia opera plantas no Maranhão, Pernambuco e Ceará.

O CEO da Chlorum Solutions, Alfredo Kerzner, explica que o mercado de cloro é, normalmente, baseado em unidades muito grandes, que fornecem os produtos para boa parte do país. A Chlorum, no entanto, se preocupa em fazer unidades menores que abastecem o mercado local.

"Transportar produto químico é sempre complicado, sempre tem um risco associado. E transportar produtos em geral tem uma questão ambiental associada. Quanto menos a gente transportar, menos risco associado ao transporte a gente tem, e menos gás de efeito estufa, CO2, a gente está gerando na atmosfera", destaca o CEO.

Kerzner complementa que as empresas devem ter hoje um compromisso com a redução dos gases que causam o efeito estufa. "Esse é um, entre outros diferenciais da Chlorum, que faz com que a gente se reconheça como uma empresa com forte caráter ESG ", pontuou.

Além disso, a fábrica local também usará energia de fontes renováveis. "Com exceção da planta de Igarassu, no Pernambuco, que está no processo de transição da nossa matriz energética, todas as nossas outras plantas não geram gás de efeito estufa durante a produção", enfatizou o CEO Alfredo Kerzner.

Por que São Sebastião?

No momento da escolha de qual cidade seria sede da primeira unidade da Chlorum Solutions na Bahia, a empresa pesquisou por municípios que fossem bem conectados pela via terrestre e perto de nossos clientes. Segundo o Gerente de Operações Técnicas da Chlorum Solutions, Fábio Viana, São Sebastião do Passé permite à companhia estar com 80% dos consumidores em um raio de 50 km.

"Nós nem tínhamos completado todas as fases de testes da planta e já estávamos com 100% da produção vendida. E agora estamos operando com 100% da capacidade", afirmou o gerente.

Nilza da Mata, prefeita do município, destacou a importância da fábrica para a economia local. "Está tão difícil levar o pão de cada dia para nossa casa e, hoje, a gente ver construída essa unidade é uma felicidade muito grande, porque vai gerar mais emprego para quem mais precisa, para os pais e mães de família e para os jovens. É isso que a gente busca e essa manhã foi muito proveitosa para São Sebastião do Passé", disse a gestora municipal.

Com capacidade de 20 toneladas por dia, a fábrica é operada por trabalhadores locais, através de empregos diretos e indiretos, contribuindo para o desenvolvimento social da cidade. De todos os funcionários, 80% são pessoas de São Sebastião do Passé.

A Chlorum Solutions oferece uma alternativa para a cadeia de suprimentos da indústria de cloro e álcalis. Utilizando um modelo descentralizado de plantas de menor porte localizadas próximas ou no local de seus clientes, a empresa quebra o paradigma de economia de escala da indústria química ao focar nas vantagens oferecidas pela redução ou eliminação do transporte. A Chlorum traz inovação para esta indústria por seu forte foco em ESG, particularmente investindo em projetos onde pode criar um impacto ambiental positivo. A companhia possui cinco plantas de Cloro-álcalis operando no Brasil e no Uruguai, e mais três em construção.

Últimas