Folha Vitória Dengue: 56% das 43 mortes no ES são de pessoas com comorbidades

Dengue: 56% das 43 mortes no ES são de pessoas com comorbidades

O Espírito registrou desde janeiro deste ano, 43 óbitos pela doença. Comorbidades são condições ou doenças que podem aumentar o risco...

Folha Vitória
Foto: Reprodução/Freepik - @jcomp
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Dados do Centro de Operações de Emergência Arboviroses (COE/ES), da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), mostram que 56% das 43 mortes confirmadas até o momento por dengue no Espírito Santo, ou seja 24, eram de pessoas com uma ou mais comorbidades.

A diabetes, a hipertensão, as doenças autoimunes e respiratórias têm sido os principais problemas pré-existentes nos pacientes.

Comorbidades são condições ou doenças que podem aumentar o risco de complicações. No caso da dengue no Estado, os dados têm mostrado que a maioria dos óbitos tem outras doenças de base. O destaque é para a hipertensão.

“A hipertensão era comum em 18 dos 24 óbitos por dengue que tinham comorbidades. É importante que todos, tendo ou não comorbidade, possam se cuidar contra a dengue, ajudando na fiscalização dos locais, na limpeza, utilizando repelente etc. Além disso, aqueles que já têm uma doença de base, é importante não deixar de se cuidar e fazer o tratamento adequado”, disse o subsecretário de Estado de Vigilância em Saúde da Sesa, Orlei Cardoso.

76% das mortes ocorreram em pessoas com mais de 40 anos

Um outra dado importante é o com relação à faixa etária das pessoas que morreram em decorrência da dengue. Dados divulgados pela Sesa apontam que 76% deles ocorreram em pessoas com mais de 40 anos. A faixa etária de 80 a 89 anos foi a de maior ocorrência, com onze óbitos, seguida da de 60 a 69 anos, com nove óbitos.

Perfil dos óbitos por dengue em 2023

Até o momento, o Espírito Santo confirmou 43 óbitos por dengue. Desses, 15 eram do sexo masculino e 28 do sexo feminino.

Em relação às comorbidades, ao todo 24 óbitos apresentaram uma ou mais doenças de base. Veja a relação:

* Hipertensão (18);

* Diabetes (09);

* Hepatopatias (01);

* Doenças autoimunes (01);

* Doenças hematológicas (01);

* Doenças respiratórias (01);

* Outras (02).

A morte de uma criança também foi confirmada, com idade entre 0 e 9 anos e de uma pessoa de 30 a 39 anos. Dois óbitos nas faixas etárias de 30 a 39 anos e 90 a 99 anos; quatro óbitos de 70 a 79 anos; seis óbitos de 40 a 49 anos; sete óbitos de 50 a 59 anos; nove óbitos de 60 a 69 anos; e onze óbitos de 80 a 89 anos.

LEIA TAMBÉM: Epidemia: municípios do interior lideram casos de dengue no ES

Últimas